Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana emite nota de repúdio contra a presidente da APLB Marlede Oliveira

Marlede Oliveira é acusada pelos membros do Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana de ser uma pessoa agressiva e desrespeitosa.

Marlede Oliveira é acusada pelos membros do Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana de ser uma pessoa agressiva e desrespeitosa.

Em nota de repúdio, emitida hoje (08/10/2016), os membros do Conselho Municipal do Fundeb de Feira de Santana criticaram a postura da presidente da APLB Feira de Santana, Marlede Oliveira. Os representantes do conselho afirmaram que a sindicalista “em diversas situações insiste em agredir moralmente os funcionários públicos de diversos setores da Administração Municipal”.

Confira a ‘Nota de Repúdio’

Os membros do Conselho Municipal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação – Fundeb de Feira de Santana –  repudiam veementemente as atitudes da sindicalista Marlede Oliveira, representante da Aplb Sindicato, que em diversas situações insiste em agredir moralmente os funcionários públicos de diversos setores da Administração Municipal.

Usando termos como “diabos”, “vendidos”, “cordeirinhos de patrão” e “golpistas”, a sindicalista desrespeita os demais membros do conselho, seus colegas na função de acompanhar e fiscalizar as contas referentes aos recursos federais destinados à Educação. Os membros são representantes legais dos setores administrativos competentes e ainda funcionários públicos concursados que assumem funções técnicas específicas, sem qualquer ligação com políticos de bandeira partidária.

Em diversas situações, Marlede Oliveira se nega a desenvolver de maneira coerente as atribuições que lhe são conferidas como conselheira e representante dos professores e insiste em tumultuar as reuniões dos diversos conselhos que integra, situação mais caótica a do último encontro ocorrido no dia 5 de outubro do Conselho do Fundeb quando esbravejou os termos citados no parágrafo acima.

Indignados e vítimas de agressão em vários momentos, os diversos titulares do Conselho – dentre os quais a presidente do colegiado, a diretora da Escola Municipal José Martins Rios, professora Carmem Lúcia Rios Ramos, e também a Secretária Executiva, professora Deuza Maria da Silva – exigem que a referida sindicalista reveja seus métodos e postura como representante legal dos professores da Rede Municipal de Ensino.

Entende-se que não é através de berros e xingamentos que uma professora deva se dirigir a cidadãos de bens, pessoas que em situações muito específicas, dividem com ela atribuições legítimas e de extrema responsabilidade para a sociedade civil de Feira de Santana.

Para quem alega ter lutado em diversas frentes pela conquista de avanços democráticos na vida pública do Brasil, Marlede Oliveira demonstra falta de compostura e respeito, valores extremamente necessários na democracia do século XXI.

Respeitosamente,

Dalva Maria Souza

Giordana Leonidas Fernandes

Carmem Lucia Rios Ramos

Lenio Lins Ribeiro

Marcos da Silva da Rosa

Membros do Conselho do Fundeb de Feira de Santana

Outras publicações

Prefeitura de Feira de Santana conclui prolongamento da Avenida Fraga Maia Trecho da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana. Importante vetor de desenvolvimento e de circulação de veículos, a avenida Francisco Fraga Maia j...
Educação do Campo é debatida em evento internacional na Uefs Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Os rumos das políticas de Educação do Campo e os desafios para a sociedade civil são o tema princi...
Salvador: Semps promove Semana do Adolescente em escolas Semps promove Semana do Adolescente em escolas de Salvador. A Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), por meio...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.