Cerca de 2 milhões de eleitores estão aptos a votar em Salvador

Locais de votação em Salvador amanheceram repletos de panfletos e santinhos de candidatos.

Locais de votação em Salvador amanheceram repletos de panfletos e santinhos de candidatos.

Na capital baiana, o dia ensolarado e entre nuvens abriu na manhã de hoje (02/10/2016) a votação nas eleições municipais. Quase 2 milhões de eleitores estão aptos para votar e escolher uma entre sete chapas candidatas para gestão do executivo municipal. Além disso, mais de 1 mil candidatos a vereador disputam  43 vagas na Câmara Municipal.

A maior zona eleitoral de Salvador é o Colégio Estadual Luís Viana Filho, no bairro de Brotas. No local, votam quase 16 mil pessoas, que enfrentaram engarrafamento nas imediações da instituição. Apesar de ser crime distribuir santinhos com nome e número de candidatos, toda a rua onde fica a escola ficou tomada por papéis no chão. Em frente a escola, pessoas entregavam as divulgações, com naturalidade.Mesmo com a grande quantidade de abordagens, a psicopedagoga Rita Santos relatou que, este ano, o número de bocas de urma diminuiu, em relação ao ano passado. Ela conta que não foi abordada nenhuma vez, diferente das eleições anteriores.

“Minha seção foi muito tranquila e, em relação ao voto, acho que os jovens têm de saber sobre a importância do voto. Tenho um filho de 22 anos e sempre conversamos sobre isso, sem dificuldades. Mas com a minha profissão, vejo que 16 anos não é uma idade suficiente para terem noção do que é votar com consciência”, avalia a psicopedagoga.

A estudante Paloma Conceição, de 17 anos, foi votar pela primeira vez e disse que, como mora perto, e foi a pé. Mesmo sem a obrigatoriedade de votar – menor de 18 anos – ela conta que fez questão de “exercer o papel de cidadã”. “Não tive dificuldade com a urna, porque minha mãe já havia me explicado e vi em alguns comerciais na TV, votei bem rápido”, relata.

Segundo o Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA), na primeira parte da manhã, 24 urnas eletrônicas apresentaram problemas em toda a Bahia. Entre elas, 14 foram substituídas e as demais passaram por ajustes de configuração ou tiveram a bateria trocada. Segundo o balanço parcial, a capital Salvador lidera o número de substituições, totalizando oito urnas.

No município de Jacobina, o candidato a vereador Francisco Leite, conhecido como Chico Barbeiro, foi flagrado fazendo boca de urna e foi encaminhado para prestar depoimento. Segundo o TRE-BA, ele cometeu o crime eleitoral que proíbe a prática, mas não está preso.

*Com informação da Agência Brasil.

Outras publicações

Inscrições para empreendimentos solidários terminam dia 16 A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes do Estado (Setre) inscreve até o dia 16 de novembro para preenchimento de vagas residuais da 3ª ch...
Fiscais são capacitados para punir quem jogar lixo na rua Fiscais são capacitados para punir quem jogar lixo na rua. Trabalho será educativo nos primeiros 60 dias após publicação de decreto que regula...
Encontro Nacional sobre Defesa Civil dos Estados será na capital baiana O encontro nacional do Conselho de Gestores de Defesa Civil dos Estados e do Distrito Federal (Congedec) será realizado na sexta-feira (13/08/2010), e...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br