Bahia Sem Fogo 2016 é lançado durante abertura do 18º Festival de Lençóis

Major Jean Vianey, comandante do Sub-Comando do Corpo de Bombeiros.

Major Jean Vianey, comandante do Sub-Comando do Corpo de Bombeiros.

A fim de fortalecer e promover novas ações de combate aos incêndios florestais, foi lançado na quinta-feira (13/10/2016), o Programa Bahia Sem Fogo 2016, em Lençóis, na Chapada Diamantina. O lançamento da edição deste ano aconteceu durante a abertura do 18º Festival de Lençóis, quando também foi lançado, na Câmara de Vereadores do município, o livro “Unidades de Conservação da Bahia”. A obra organizada pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente da Bahia (Sema) e do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), reúne 14 Unidades de Conservação da Bahia, através do olhar dos fotógrafos Rui Rezende e Sérgio Cedraz.

Durante o evento de lançamento do programa, o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, anunciou o monitoramento aéreo de focos de incêndios (helicópteros e aviões) na região da Chapada Diamantina. De acordo com o titular da Sema, a ação é um acolhimento às demandas do Corpo de Bombeiros, brigadista voluntários e integrantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. “Todo esse processo dá uma grande eficácia na prevenção de incêndios florestais, evitando o aumento dos custos e, principalmente, o impacto ambiental”.

Um helicóptero, locado pelo Governo do Estado, é utilizado para a realização do monitoramento por parte do Corpo de Bombeiros. Inicialmente usado para identificar focos de incêndio, a aeronave está preparada para iniciar combate em casos de constatação de queimadas. “As ações são feitas em dois turnos, com o intervalo de duas horas a cada dia. A aeronave sai do aeroporto de Lençóis com bombeiros a bordo, equipados para o combate de incêndio”, destaca o sub comandante do 11º Grupamento de Bombeiros Militares, major Jean Vianey.

A iniciativa também integra as ações do Bahia sem Fogo, iniciadas em setembro, antes mesmo do lançamento oficial da edição 2016 do programa, cujo objetivo é prevenir as ocorrências de incêndio a partir da conscientização das pessoas que moram e visitam a Chapada e o Oeste da Bahia, justamente no período de seca nessas duas regiões.

Para Spengler, embora o Festival de Lençóis seja uma forma de valorizar a cultura local, este ano, em especial, o evento marca mais uma ação de preservação ambiental intensificada pelo Governo do Estado. Entre as estratégias adotadas estão as oficinas de educação ambiental realizadas em toda Chapada Diamantina. Conhecidas como Caravana Bahia Sem Fogo, as atividades visam orientar professores, agricultores, estudantes e demais cidadãos sobre como evitar as queimadas, através de visitas de representantes da Sema, do Inema, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (Sec) e o Corpo de Bombeiros.

Oficinas de Educação Ambiental

Com o objetivo de proporcionar o conhecimento e estimular atitudes sustentáveis e educativas para a prevenção e combate aos incêndios florestais no território da Chapada Diamantina, o Programa Bahia Sem Fogo realiza oficinas de educação ambiental por meio de encontros e discussões temáticas, rodas de conversa, entrega de materiais socioeducativos e intercâmbio de experiências socioambientais para que os mesmos se tornem atores e multiplicadores dessas ações.

Já foram realizadas oficinas nos municípios de Lençóis, Andaraí, Palmeiras, Mucugê, Ibicoara, Iraquara, Seabra, Barra da Estiva e Rio de Contas. As ações de educação ambiental têm continuidade até o mês de dezembro deste ano.

“O principal objetivo das oficinas é estabelecer na região da Chapada Diamantina um ciclo de ações de educação ambiental, com foco na prevenção dos incêndios florestais. A gente tem trabalhado o tema em comunidades para educar pessoas e torná-las agentes multiplicadores”, explica a diretora de Educação Ambiental da Sema, Zanna Matos.

Lançamento do Livro

O livro “Unidades de Conservação da Bahia” conta com textos que apresentam cada Unidade de Conservação (UC) em português, inglês e espanhol. O principal objetivo foi trazer os encantos e curiosidades coletadas em cada UC. A obra de grande relevância para a área ambiental na Bahia e, importante não somente para os ambientalistas, historiadores e comunicadores, mas para todos os cidadãos.

A elaboração do texto expressou um olhar regional, com trechos em cordel, onde apresenta cada lugar que foi fotografado, juntamente com as imagens de cada espécie de animais e plantas catalogadas. O livro mostra que a Bahia possui muitas riquezas naturais e uma vasta área para se praticar o turismo, aliado à sustentabilidade ambiental e a preservação dos recursos naturais.

Festival de Lençóis

O Bahia sem Fogo é o tema do tradicional Festival de Lençóis, que chega à 18ª edição em 2016. Iniciado nesta quinta-feira (13), o evento tem apoio do Governo do Estado da Bahia e da Prefeitura Municipal de Lençóis. A expectativa é que 10 mil pessoas aproveitem por noite diversas atrações, como os cantores Lazzo Matumbi, Mat’Nália, Ju Moraes e Russo Passapusso até este sábado (15).

Outras publicações

De líder para líder: “Zé Neto comete gafe”, afirma vereador feirense Antonio Carlos Atayde (Carlito do Peixe) critica deputado Zé Neto. O líder da bancada governista na Câmara, vereador Antonio Carlos Atayde (Carlito ...
Procon Bahia fiscaliza estabelecimentos comerciais na Arena Fonte Nova Procon-BA fiscaliza estabelecimentos comerciais na Arena Fonte Nova. De olho na garantia da saúde e segurança do consumidor baiano e turista, a Supe...
Complexo Industrial Polo 2 de Julho será implantado em Maragogipe Vista aérea da construção do Estaleiro Enseada do Paraguaçu. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia) O Governo da Bahia assina protocolo de int...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br