Secretário-executivo Moreira Franco diz que declaração de Eduardo Cunha sobre governo não o deixa “zangado”

Eduardo Cosentino da Cunha durante votação que cassou mandato de deputado federal.

Eduardo Cosentino da Cunha durante votação que cassou mandato de deputado federal.

O secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco, disse na terça-feira (13/09/2016) que não ficou “zangado” com a declaração do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de que ele seria a “eminência parda” do governo federal por trás da cassação de seu mandato de deputado federal.

Após a sessão de ontem (12), Cunharesponsabilizou o governo Temer por sua cassação pelo apoio dado pelo Palácio do Planalto à eleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Casa.

Segundo Cunha, “todo mundo sabe que o governo hoje tem uma eminência parda e quem comanda o governo é o Moreira Franco, que é o sogro do presidente da Casa [Rodrigo Maia]. Todo mundo sabe que o sogro do presidente da Casa comandou uma articulação e fez com que fosse feita uma aliança com o PT e, consequentemente, com isso a minha cassação estava na pauta”, disse o agora ex-deputado.

Para Moreira Franco, a declaração de Cunha não faz sentido e foi dada em um momento tenso pelo qual o ex-deputado passava. “Não vou ficar zangado com ele e não vou não compreender [a atitude tomada] em um momento de grande tensão e de grande dificuldade que ele estava vivendo. Não vou ter uma outra atitude que não esta”, disse o ministro após participar do anúncio das primeiras obras do PPI.

“Toda essa teoria é fruto da percepção dele [Eduardo Cunha] e está no plano teórico. Não há nenhuma razão para ele citar meu nome. Não sou eminência parda. Ele disse que eu sou, mas eu não sou”, acrescentou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br