Salvador: palestra sobre conservação e restauro será realizada no Pelourinho

Igreja do Pilar passa por restauração pelo IPAC.

Igreja do Pilar passa por restauração pelo IPAC.

A palestra O Pensamento da Conservação e Restauração de Bens Culturais é a próxima atividade do Centro de Documentação e Memória (Cedom), que acontece na quarta-feira (28/09/2016), às 14h, no número 29 da Rua Gregório de Mattos, no Pelourinho. A palestrante é a arquiteta e mestre em Conservação e Restauro pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Lígia Larcher, técnica do quadro permanente do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).

A palestra integra a programação comemorativa do Cinquentenário do IPAC que acontece até setembro de 2017, com ações e projetos anunciados a cada mês. O evento é gratuito e aberto a interessados nas áreas de arquitetura, urbanismo, arte, museologia, restauro, dentre outras.

“Vamos compartilhar conhecimentos acerca do pensamento da conservação e restauro, desde a sua gênese, passando pelos pensadores que deram forma e conteúdo à nossa maneira de pensar o patrimônio cultural e a sua preservação”, explica Larcher. Segundo ela, será um bate-papo de temas relativos à memória, à história e à arte. Lígia também é especializada em Conservação e Restauração e Monumentos e Conjuntos Históricos pela Ufba.

CURSOS e PALESTRAS – O Cedom/IPAC é referência na área de documentação e arquivos sobre o patrimônio cultural, desenvolvendo palestras, cursos e atividades educativas. O equipamento se responsabiliza pela custódia, conservação, processamento técnico e divulgação de textos, fotografias, vídeos, mapas, plantas arquitetônicas e publicações produzidas pelo IPAC ao longo de 50 anos. O Centro dispõe de 4,7 mil documentos, plantas baixas, projetos e cadastros arquitetônicos, mapas, croquis e esboços produzidos entre os anos de 1969 e 2016.

O Cedom/IPAC também tem um arquivo fotográfico com cerca de 150 mil imagens. Há fotos digitais e analógicas (impressas e negativas) em preto e branco e coloridas. Filmes, fotogramas, slides, reproduções antigas e álbuns complementam o conjunto. Além da Biblioteca Manuel Querino com 220 obras raras datadas dos séculos XVIII, XIX e XX.

Agenda

Quando: 28 de setembro de 2016, às 14h

Onde: Centro de Documentação e Memória (Cedom) do IPAC – Rua Gregório de Matos, nº 29 – Pelourinho, Centro Histórico de Salvador

Outras publicações

Turismo Étnico-Afro analisa conteúdo para compor a Carta de Salvador Empresários, líderes de movimentos e entidades negras discutiram, na manhã desta quinta-feira (14/10/2010), com o coordenador de Turismo Étnico-Afro d...
Diversidade de temas na Festa Literária do Sertão de Jequié Diversidade de temas na Festa Literária do Sertão de Jequié. Pela primeira vez uma cidade do sertão baiano terá uma festa literária. No período de 8...
SEDH visita cacique preso na superintendência da Polícia Federal na Bahia Uma comitiva da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) visitou hoje (12/03/2010), na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Salvador (BA)...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br