Representante da União Européia visita Secretaria de Justiça Social da Bahia

Representante da União Européia visita Secretaria de Justiça Social da Bahia.

Representante da União Européia visita Secretaria de Justiça Social da Bahia.

Na quinta-feira, (01/09/2016), em visita a Bahia, o ministro conselheiro e chefe da Seção de Cooperação da Delagação União Européia no Brasil, Thierry Dudermel, participou de uma reunião com a Coordenação de Políticas para a Juventude (Cojuve), da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Na reunião, além do representante da Delegação e do coordenador Jabes Soares, também estiveram presentes a assessora especial da SJDHDS, Luciana Santos, e representantes de outras Secretarias como de Política para Mulheres, Educação, Relações Institucionais e Promoção da Igualdade Racial. As Secretarias e a União Européia são parceiras no Programa Semeando Ciência no Pacto Pela Vida.

Durante a reunião, foi passado o relatório com informações sobre números de beneficiados, metodologia do trabalho, como são contempladas as comunidades, da perspectiva em abrir novas turmas e dos resultados com a possibilidade real de ingressar esses jovens no mercado de trabalho, a exemplo do depoimento do jovem Danilo Souza, ex-aluno da 1ª turma do curso Suporte ao usuário de informática – HelpDesk, e morador de Fazenda Coutos.

“O programa mudou a minha vida. Sem perspectivas do que fazer, o curso me deu um horizonte, me possibilitou obter um conhecimento. Hoje estou trabalhando na área, com carteira assinada, sou professor de informática avançada. Além de me instruir a ser um cidadão exemplar, com princípios éticos e morais”, declara Danilo.

Para Thierry, o depoimento do ex-aluno só confirma a importância desta parceria. “Após essa apresentação e ler o depoimento de um formando agradecendo à equipe por estar trabalhando na área, tenho a convicção que foi uma decisão acertada da União Europeia em abraçar esse projeto. O Semeando Ciência, além de dar uma formação técnica aos jovens em situação de vulnerabilidade social, proporciona a inclusão deles no mundo profissional. E para nós (Delegação da União Europeia) é gratificante participar de projetos que dão perspectiva de vida”, pontua.

Em seguida, em companhia do chefe de gabinete da SJDHDS, Kívio Dias, a comitiva realizou uma visita à comunidade de Águas Claras, que receberá o projeto na próxima etapa. No local, Thierry pôde conhecer a realidade em que esses beneficiários estão inseridos e também a estrutura da Base Comunitária, onde o curso será instalado.

Kívio ressaltou a importância em dar continuidade ao projeto. “O programa Semeando Ciência é sinônimo de semear oportunidades. O jovem que frequenta o curso tem uma nova pespectiva de inclusão social. Ele adquire novos conhecimentos, tem chances de ser inserido no mercado de trabalho, quando não invereda para o mundo do empreendedorismo, sendo estimulado a abrir o próprio negócio”, afirma.

Semeando Ciência no Pacto Pela Vida – iniciativa inserida na política pública do Estado da Bahia, desde 2013, a partir de financiamento do Programa Atores Não Estatais e Autoridades Locais da União Eurpeia. O projeto está previsto em convênio firmado entre a Secretaria de Justiça Social e a Associação Voluntários para o Serviço Internacional Brasil – AVSI Brasil.

O projeto oferece formação profissional nas áreas de tecnologia da informação (Suporte ao usuário de informática – HelpDesk) para jovens em situação de vulnerabilidade social.

O Programa atende jovens, que tenham entre 15 e 29 anos, com renda familiar mensal per capita até ½ salário mínimo e que estejam matriculados em escola pública.

Após reunião, Thierry Dudermel afirma que a parceria com a Secretaria da Justiça Social foi uma decisão correta realizada pela Delegação da União Europeia

Na quinta-feira, 1º de setembro, em visita a Bahia, o ministro conselheiro e chefe da Seção de Cooperação da Delagação União Européia no Brasil, Thierry Dudermel, participou de uma reunião com a Coordenação de Políticas para a Juventude (Cojuve), da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Na reunião, além do representante da Delegação e do coordenador Jabes Soares, também estiveram presentes a assessora especial da SJDHDS, Luciana Santos, e representantes de outras Secretarias como de Política para Mulheres, Educação, Relações Institucionais e Promoção da Igualdade Racial. As Secretarias e a União Européia são parceiras no Programa Semeando Ciência no Pacto Pela Vida.

Durante a reunião, foi passado o relatório com informações sobre números de beneficiados, metodologia do trabalho, como são contempladas as comunidades, da perspectiva em abrir novas turmas e dos resultados com a possibilidade real de ingressar esses jovens no mercado de trabalho, a exemplo do depoimento do jovem Danilo Souza, ex-aluno da 1ª turma do curso Suporte ao usuário de informática – HelpDesk, e morador de Fazenda Coutos.

“O programa mudou a minha vida. Sem perspectivas do que fazer, o curso me deu um horizonte, me possibilitou obter um conhecimento. Hoje estou trabalhando na área, com carteira assinada, sou professor de informática avançada. Além de me instruir a ser um cidadão exemplar, com princípios éticos e morais”, declara Danilo.

Para Thierry, o depoimento do ex-aluno só confirma a importância desta parceria. “Após essa apresentação e ler o depoimento de um formando agradecendo à equipe por estar trabalhando na área, tenho a convicção que foi uma decisão acertada da União Europeia em abraçar esse projeto. O Semeando Ciência, além de dar uma formação técnica aos jovens em situação de vulnerabilidade social, proporciona a inclusão deles no mundo profissional. E para nós (Delegação da União Europeia) é gratificante participar de projetos que dão perspectiva de vida”, pontua.

Em seguida, em companhia do chefe de gabinete da SJDHDS, Kívio Dias, a comitiva realizou uma visita à comunidade de Águas Claras, que receberá o projeto na próxima etapa. No local, Thierry pôde conhecer a realidade em que esses beneficiários estão inseridos e também a estrutura da Base Comunitária, onde o curso será instalado.

Kívio ressaltou a importância em dar continuidade ao projeto. “O programa Semeando Ciência é sinônimo de semear oportunidades. O jovem que frequenta o curso tem uma nova pespectiva de inclusão social. Ele adquire novos conhecimentos, tem chances de ser inserido no mercado de trabalho, quando não invereda para o mundo do empreendedorismo, sendo estimulado a abrir o próprio negócio”, afirma.

Semeando Ciência no Pacto Pela Vida – iniciativa inserida na política pública do Estado da Bahia, desde 2013, a partir de financiamento do Programa Atores Não Estatais e Autoridades Locais da União Eurpeia. O projeto está previsto em convênio firmado entre a Secretaria de Justiça Social e a Associação Voluntários para o Serviço Internacional Brasil – AVSI Brasil.

O projeto oferece formação profissional nas áreas de tecnologia da informação (Suporte ao usuário de informática – HelpDesk) para jovens em situação de vulnerabilidade social.

O Programa atende jovens, que tenham entre 15 e 29 anos, com renda familiar mensal per capita até ½ salário mínimo e que estejam matriculados em escola pública.

Outras publicações

Durante entrevista ao Rotativo News, líder do governo Wagner apresenta balanço da gestão Zé Neto concede entrevista ao programa Rotativo News, da Rádio Sociedade AM de Feira, e faz panorama das ações do Governo do Estado. Na tarde desta ...
SSP Bahia assina termo de cooperação para redução de mortes nas estradas SSP assina termo de cooperação para redução de mortes nas estradas. Ações de conscientização de motoristas e fiscalização nas rodovias da Bahia, alé...
Ouvidoria realiza pesquisa para avaliar qualidade de serviço público prestado pelo Governo da Bahia Ouvidoria Geral do Estado realiza pesquisa sobre qualidade dos serviços públicos. Mais de mil famílias baianas que utilizaram os serviços do Institu...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br