Projeto Coladera acontece em Salvador e Santo Amaro

O nome do projeto, ‘Coladera’ se remete a um ritmo popular de Cabo Verde, que nasceu da morna, que por sua vez surgiu de ritmos como fado português e o lundum de Angola.

O nome do projeto, ‘Coladera’ se remete a um ritmo popular de Cabo Verde, que nasceu da morna, que por sua vez surgiu de ritmos como fado português e o lundum de Angola.

Neste final de semana, chega à Bahia o Projeto Coladera. No evento haverá shows e o lançamento do filme Égun. Na capital, o evento acontece sexta-feira, (09/09/2016), no Casarão do Lord, no Pelourinho, com participação especial dos cantores Gerônimo e Jota Veloso. A cidade de Santo Amaro recebe o encontro no dia 10, na Praça do Rosário, com a participação de Márcio Valverde e outros artistas. As duas edições começam às 21h.

Realizados pela Maurício Pessoa Produções, os encontros inauguram a iniciativa cultural Casa do Mar, empreendida por artistas e intelectuais brasileiros e ibero-americanos. A ação celebra o encontro de identidades culturais de Países de influência Ibérica, com Língua Portuguesa. O Coladera foi criado pelo guitarrista português João Pires e pelo violinista Mineiro Vitor Santana, apresentando a reunião musical dos dois.

 O trabalho dos dois artistas rendeu um disco de canções, violões e experimentação do universo luso-afro-brasileiro, concebido também com a participação do músico Marcos Suzano. Foram onze faixas gravadas, em sua maioria inéditas, além de releituras de algumas composições de cada músico e de uma homenagem à cantora Cesária Évora, uma coladera célebre do Cancioneiro cabo-verdiano

O nome do projeto se remete a um ritmo popular de Cabo Verde, que nasceu da morna, que por sua vez surgiu de ritmos como fado português e o lundum de Angola. “A Coladera também foi influenciada pelo samba, pela rumba e ainda pela cumbia. É um símbolo vivo do encontro de diferentes matrizes da música popular e iberoamericana, ao mesmo tempo tradicional e mestiça; negra e branca; raiz e invenção”, afirma Victor Santana.

Nos eventos realizados na Bahia, integram a banda também os percussionistas baianos Kainam e Luisinho do Jêje. Segundo Santana, os diálogos desses encontros musicais serão baseados em percussões, violões e vozes, em um ambiente sonoro rico e mescla de mestiçagem. “Serão ouvidos ecos de África, do candomblé, do fado e do flamenco, do Samba da rumba e do mambo, além de português,  com sotaques diferentes”, adianta o músico.

Filme Égun

Vitor Santana assina, junto com Sérgio Pererê, a trilha sonora do filme Égum, que será lançado nos eventos do Coladera. O curta metragem de animação tem direção do mineiro Helder Quiroga e visa estabelecer um diálogo entre a linguagem poética e o cinema.

Conta a história de um Pescador que tenta compreender os fatos que levaram à morte de seu pai. “O curta foi todo filmado na comunidade baiana de Moreré, na Ilha de Boipeba, tendo a participação um ator mirim local. Mostra a cultura brasileira em diálogo com a natureza africana, matriz do candomblé”, destaca o cineasta.

Sobre os eventos realizados com a chancela da Casa do Mar em Salvador e Santo Amaro, Helder Quiroga acrescenta que “além de unir o audiovisual à música, trazem uma oportunidade de intensificar o diálogo entre Minas Gerais e Bahia, que formam um novo eixo cultural muito mais criativo e profundo”, diz Helder Quiroga

O filme Égun já percorreu os principais festivais de cinema do Brasil e alguns do exterior, tendo conquistado, até o momento, três prêmios: em Brasília, Minas Gerais e na França.  O filme é uma coprodução Contato Filmes e Mosquito Project, com o apoio da Solo Filmes. Tem direção de animação e desenhos de Adams Carvalho, utilizando a técnica da rotoscopia, que emprega desenho sobre a imagem.

Agenda

Salvador

Local: Casarão do Lord – Ladeira de São Miguel, 07, Pelourinho.

Data: 09 de setembro, 21h.

Santo Amaro

Local: Praça do Rosário.

Data: 10 de setembro, 21h.

Outras publicações

Prefeitos da Região Metropolitana de Salvador participam de discussões do Pacto Pela Vida Prefeitos da Região Metropolitana de Salvador participam de discussão sobre segurança pública. Seguindo o objetivo de interiorização das ações de se...
Deputado estadual Sidelvan pede mais segurança para bairro de Salvador Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), no primeiro trimestre deste ano foram registrados 392 homicídios, contra 458 no ano p...
TCM investiga mais um atraso no pagamento de contas em Salvador O Tribunal de contas dos Municípios determinou, nesta terça-feira (14/09/2010), a lavratura de mais um termo de ocorrência, por atraso no pagamento de...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br