Prevenção ao suicídio é discutida em Roda de Conversa na FTC de Feira de Santana

FTC de Feira de Santana debate prevenção ao suicídio.

FTC de Feira de Santana debate prevenção ao suicídio.

O Brasil aparece no ranking dos dez países com maior número de suicídios no mundo. A cada 45 minutos um brasileiro comete suicídio, ou seja, por dia 32 vidas são perdidas.  No mundo a cada 40 segundos uma pessoa tira a própria vida. Os dados são alarmantes e foi em torno deles que girou a roda de conversa realizada na FTC Feira de Santana, com o tema o tema “Alcançando e Salvando Vidas: Prevenindo suicídio”.

Diante da situação impactante, outro dado mereceu destaque no evento, que reuniu professores e estudantes de Enfermagem, Biomedicina e Psicologia, além de profissionais das áreas de Psiquiatria e Psicologia.  Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% dos casos podem ser prevenidos. A roda de conversa integra as ações alusivas ao Setembro Amarelo, realizadas pela Instituição.

Na abertura do evento, a coordenadora do curso de Enfermagem, professora Hayana Leal Barbosa, destacou a importância dos alunos voltarem a atenção para a temática. “Nós lidamos com vidas e é muito importante estarmos atentos aos sinais para evitar esse tipo de atitude”, afirmou. Participaram dos debates o psiquiatra Igor Texeira, a psicóloga Thaise Lacerda e os professores Mariana Rios e Décio Gomes.

De acordo com a professora Mariana Rios, responsável pela coordenação do evento, o objetivo é fazer um alerta, mostrar que o assunto deve ser tratado de forma aberta, com caráter preventivo. Além das explanações e debates, houve ainda apresentação e cordel sobre o tema, apresentação musical e depoimentos emocionantes, como o da estudante de Enfermagem Mariana que tentou o suicídio aos 10 anos de idade.

Na avaliação dos alunos, a discussão foi bastante positiva, principalmente pelo direcionamento à questão da prevenção. “Foi bastante gratificante ver um tema grave e que ainda é tratado como tabu, fazendo com que as pessoas não busquem ajuda, ser exposto claramente”, disse o aluno de Psicologia Alisson Teixeira Lopes. “Tivemos bastante informação sobre diagnóstico e tratamento e isso é importante para nós, que trabalhamos com entrevista ao paciente”, comentou Wellington Américo Nascimento, estudante de Enfermagem.

 

Outras publicações

CAPES aprova novos cursos de mestrado e doutorado para UEFS A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) aprovou nesta semana o projeto para implantação dos cursos doutorado em Recursos...
Prefeito Tarcízio Pimenta reconhece em discurso o trabalho de Geddel Vieira Lima por Feira de Santana Prefeito Tarcízio Pimenta reconhece em discurso o trabalho de Geddel Vieira Lima por Feira de Santana. Presente na inauguração do comitê da candidat...
Vereador Beldes Ramos reclama de falta de manutenção em escolas municipais de Feira de Santana. Confira debates da CMFS Vereador Beldes Ramos critica governo municipal. Beldes reclama de falta de manutenção em escolas municipais  Algumas escolas da rede municipal de ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br