Ministro Teori Zavascki decide fatiar delação de Sérgio Machado na Lava Jato; presidente Michel Temer é citado na delação

A partir da decisão de ministro Teori Zavascki, o procurador-geral também deverá avaliar como será apresentada ao Supremo a investigação contra mais 20 políticos.

A partir da decisão de ministro Teori Zavascki, o procurador-geral também deverá avaliar como será apresentada ao Supremo a investigação contra mais 20 políticos.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki decidiu na sexta-feira (23/09/2016) fatiar a delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Com a decisão, caberá ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidir se novas investigações serão abertas em separado, a partir das declarações de Machado. Os termos do acordo foram homologados em junho.

As novas frentes da primeira fase da investigação, se solicitadas por Janot e autorizadas pelo ministro, deverão tratar sobre o suposto “acordão” para barrar as investigações da Lava Jato, uma doação de R$ 40 milhões do Grupo JBS para o PMDB, um suposto repasse ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) de recursos para viabilizar a candidatura dele à presidência da Câmara dos Deputados em 1998 e o suposto pedido do presidente Michel Temer de ajuda de recursos para a campanha do ex-candidato à prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita.

A partir da decisão de Zavascki, o procurador-geral também deverá avaliar como será apresentada ao Supremo a investigação contra mais 20 políticos citados pelo ex-diretor acusados de receber propina.

Na mesma decisão, o ministro decidiu que somente citados que tem foro privilegiado, como os deputados e senadores, vão responder às acusações na Corte. Os demais serão enviados para julgamento pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal em Curitiba.

Baixe

Reportagem da revista Época – Eduardo Cunha, um fantasma para o governo Temer

Outras publicações

Ministério Público de São Paulo acusa juiz Ségio Moro de conluio para aceitar acusação sem base contra ex-presidente Lula O Ministério Público de São Paulo protocolou um documento em processo que tramita no Tribunal de Justiça de São Paulo acusando o Ministério Público Fe...
STF impede município de cobrar por ocupação de solo e espaço aéreo na transmissão de energia elétrica O Supremo Tribunal Federal negou provimento ao Recurso Extraordinário (RE) 581947, no qual a cidade de Ji-Paraná (RO) recorria contra acórdão do Tribu...
Defesa de Lula contesta laudo da PF sobre reforma de sítio em Atibaia A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu na sexta-feira (29/07/2016) laudo no qual a Polícia Federal (PF) afirma que as reformas fe...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br