Lava Jato faz primeira denúncia por cartel de empreiteiras na Petrobras

A força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato denunciou na terça-feira (13/09/2016) oito pessoas ligadas às empreiteiras Queiroz Galvão e Iesa Óleo e Gás pelos crimes de cartel e fraude em licitação. É a primeira denúncia envolvendo integrantes do cartel de empresas que fraudava licitações na estatal.

Na ação, o Ministério Público Federal pede ressarcimento pelos desvios no valor de R$ 105 milhões e US$ 12 milhões para os denunciados ligados à Queiroz Galvão e de R$ 47 milhões, além de US$ 2 milhões, no caso dos envolvidos da Iesa.

De acordo com a denúncia, ex-executivos das empresas fraudaram licitações da Petrobras entre 2006 e 2014. Segundo os procuradores, as apurações mostraram que houve oferecimento e pagamento de propina para ex-diretores da Petrobras que se comprometeram a manter o funcionamento do cartel.

Outro lado

Em nota, a Queiroz Galvão informou que não comenta processos em andamento.

Outras publicações

Ministro Gilmar Mendes diz que Lava Jato deve estimular reforma política Ministro Gilmar Mendes reconhece esgotamento do modelo político atual. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, di...
Liminar do STF suspende decisão do TCU que bloqueava bens da OAS Liminar do ministro Marco Aurélio suspende decisão do TCU. Com o entendimento de que não é possível ao Tribunal de Contas da União (TCU) impor caute...
“Temos que pagar pelos nossos erros”, diz deputado que assume vaga de Eduardo Cunha O deputado federal Marquinho Mendes (PMDB-RJ) assumirá a vaga de Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados. O deputado Marquinho Mendes (PMDB-RJ), que a...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br