Há uma tentativa de criminalização do PT e de Lula, afirma sendador Humberto Costa

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e senador Humberto Costa. Senador qualificam como fascistas os servidores federais denunciam sem provas.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e senador Humberto Costa. Senador qualificam como fascistas os servidores federais denunciam sem provas.

Líder do PT no Senado questionou as afirmações dos procuradores de que não teriam provas cabais, apenas convicções: “como é que se pode denunciar alguém assim?”

Senador por Pernambuco, o petista  Humberto Costa aponta viés político na denúncia de procuradores do Ministério Público Federal (MPF) contra Luiz Inácio Lula da Silva, e saiu em defesa da honra do ex-presidente.

Para o Humberto, a peça apresentada à Justiça carece de fundamentos fáticos e jurídicos.

“Por reiteradas vezes, vimos os procuradores dizerem: não temos provas cabais do que estamos falando, não podemos afirmar de forma peremptória aquilo que estamos dizendo. Então, como é que se pode denunciar alguém assim, sob essas bases?”, questionou o líder do PT no Senado.

Vimos os procuradores dizerem reiteradas vezes: não temos provas cabais do que estamos falando, não podemos afirmar de forma peremptória aquilo que estamos dizendo. Então, como é que se pode denunciar alguém assim?

“Até comentários de réus confessos, que fizeram delações premiadas e têm credibilidade extremamente questionada pelo próprio Ministério Público, foram usados. Com todo o respeito aos investigadores, isso fragiliza o processo e, consequentemente, a denúncia. Que eu saiba, até hoje PowerPoint não serve como prova de nada”, completa.

Na avaliação do senador petista, houve todo um cronograma político cumprido no curso das investigações até se chegar à denúncia contra Lula.

“Eu entendo que algo assim não vai prosperar no Judiciário. Há um evidente excesso em tudo isso, uma perda da sobriedade, uma tentativa de criminalização despudorada do PT e de Lula que não podem ser acolhidos pela Justiça”, declarou.

Outras publicações

Criminoso confesso Delcídio do Amaral afirma que nunca discutiu ilegalidades com ex-presidente Lula e que não tem provas de sua “delação de político” Em depoimento em Curitiba, criminoso confesso Delcídio do Amaral disse também não ter como provar que ex-presidente Lula cometeu qualquer ato ilícito...
Presidente Dilma Rousseff antecipa ida a São Paulo para visitar Lula A presidenta Dilma Rousseff e o ministro da fazenda, Guido Mantega visitam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Hospital Sírio-Libanês, onde ...
Só não estuda quem não quer, diz Dilma Rousseff sobre financiamento estudantil Ao comentar as novas regras para o financiamento estudantil, a presidenta Dilma Rousseff informou hoje (4/04/2011) que 34 mil alunos já contrataram o ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br