Feira de Santana: vereador comenta sobre serviços de infraestrutura urbana e greve dos bancários

Vereador David Neto repercute pavimentação de rua e greve bancária.

Vereador David Neto repercute pavimentação de rua e greve bancária.

No uso da tribuna, no tempo do grande expediente desta terça-feira (06/09/2016), na Câmara Municipal de Vereadores, o vereador David Neto (DEM) rebateu o pronunciamento do colega Edvaldo Lima (PP) sobre a pavimentação da rua Pitombeira, situada no bairro Campo Limpo.

David começou o pronunciamento afirmando que têm irmãos evangélicos que são convertidos e outros convencidos. “Alguns chegam à igreja, escolhem seguir o chamado de Deus, seguir o caminho e se desvestir de muita coisa, inclusive da mentira.  Pastor Edvaldo Lima sobe nesta tribuna e diz que a Pitombeira teve apenas 150 metros de pavimentação. Não conhece a rua. Eu pedi ao ex- prefeito Tarcízio Pimenta a pavimentação desta rua e foram feitos 600 metros.  O vereador não lembra que o Governo do Estado esqueceu da estrada de Bonfim de Feira, que precisa de asfalto. Há quanto tempo aqueles buracos estão ali? Até o jornal publicou uma charge relatando a situação da estrada”, disse David Neto.

Em aparte, o edil Alberto Nery (PT) fez a defesa do Governo do Estado. “Vossa Excelência conhece, tanto quanto eu, como a coisa pública funciona. A vontade do Governo do Estado é mandar caçambas para melhorar aquela estrada, mas tem que cumprir com a legalidade e dia 20 haverá esta licitação”, defendeu.

De volta com a palavra, David garantiu que se o governador fosse atuante em Feira de Santana a cidade já tinha sido contemplada com outro hospital. “O governador está deixando a desejar: no Clériston Andrade as pessoas estão jogadas no corredor, no Hospital da Criança faltam procedimentos e profissionais. Acho que esse Governo que está tem que mudar. Em dois anos vão colocar ACM  Neto”, disse.

Também em aparte, Edvaldo Lima (PP) disse que refrescaria a memória dos colegas em relação à pavimentação da rua Pitombeira. “Foram dois momentos: o primeiro, onde foram 600 metros, e não foi o prefeito quem fez, e o segundo momento, onde ele pavimentou 150 metros. Quando fiz a indicação pedi a pavimentação de toda a rua e não apenas 150 metros. Quero ver o contrato para saber quantos milhões foram gastos para esta pavimentação”, falou.

No uso da palavra, David disse que o que importa não é quem fez ou deixou de fazer. “O importante é discutir e levar benefícios para a população. Temos vários locais precisando de pavimentação e temos que ajudar o prefeito a levar esses benefícios”, concluiu.

Greve

Ainda em seu tempo na tribuna, David chamou atenção para a greve deflagrada hoje (06) pelos bancários. “Essa greve deixa nossos comerciantes inseguros. Gostaria de saber por que a greve só acontece em período eleitoral. Por que não fazem fora do pleito? Porque os banqueiros deixam esse movimento acontecer?”, questionou.

Outras publicações

Vereador quer informações da PF sobre investigações de cooperativas que atuam em Feira de Santana Vereador Ewerton Carneiro (Tom) quer informações sobre cooperativas. O vereador Ewerton Carneiro – Tom (PTN), em discurso proferido na tribuna da Ca...
Vereador Antonio Rodrigues solicita do Estado mais infraestrutura para bairros de Feira de Santana Vereador Antonio Rodrigues Pedreira (Tonhe Branco) cobra investimentos. Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta terça-feira (09...
Feira de Santana: vereador denuncia acumulação indevida de cargos por servidor do município Beldes Luis Pereira Ramos. O vereador oposicionista Beldes Ramos (PT) usou a tribuna na manhã desta terça-feira (24/11/2015), na Casa da Cidadania, ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br