Feira de Santana: diretor de Áreas Verdes Deodato Peixinho nega de forma veemente que tenha acusado secretário Ícaro Ivvin de atos de violência

Deodato Peixinho nega altercação com o secretário Ícaro Ivvin. Repórter Mário Sepulveda confirma atos no interior da secretaria de Serviços Públicos de Feira de Santana.

Deodato Peixinho nega altercação com o secretário Ícaro Ivvin. Repórter Mário Sepulveda confirma atos no interior da secretaria de Serviços Públicos de Feira de Santana.

O diretor de Áreas Verdes do município de Feira de Santana, José Deodato Peixinho Filho, nega ter acusado o secretário municipal de Serviços Públicos de Feira de Santana, Ícaro Ivvin, de ato de violência. Posição sobre o fato foi transmitido pelo agente político à redação do Jornal Grande Bahia (JGB), através de contato telefônico, realizado na manhã de hoje (16/09/2016).

Além de denegar altercação com o secretário, Deodato Peixinho nega que tenha mantido contato com pessoas da imprensa solicitando presença na secretaria com a finalidade de registar fatos e nega, também, que exista qualquer constrangimento administrativo ou pessoal com o secretário Ícaro Ivvin.

Deodato Peixinho afirma seguir uma rotina de gestão administrativa, com discussões, com interpelações no afim de promover o melhor desenvolvimento das ações da SESP, prioritariamente do departamento de áreas verdes.

As declarações foram transmitidas ao jornal com a finalidade de prestar esclarecimento sobre a matéria publicada pelo JGB, ontem (15), com título ‘Feira de Santana: diretor de Áreas Verdes Deodato Peixinho acusa secretário Ícaro Ivvin de ato de violência’

Depoimento

Além dos esclarecimentos e negativas, Deodato Peixinho registrou o seguinte depoimento sobre os fatos ocorridos na tarde de quinta-feira (15):

— Eu não estava na secretária para determinar ou estabelecer o que houve ou quem teria promovido a queda do vidro. Já era um vidro quebrado ao meio.

— Também não tive como comprovar e nem verificar se documentos foram pegos em minha sala, ou até mesmo afirmar se alguém adentrou a sala.

— No momento do ocorrido eu estava fazendo paisagismo na Praça do Ex-combatente e ninguém na secretaria me informou quem ou o que houve com a porta.

— Em nenhum momento eu mantive contato com qualquer pessoa ligada à imprensa sobre o fato.

— Recebi do departamento uma ligação informando que o vidro da parte inferior da porta estava caído.

— Fui à secretaria, verifiquei o fato, solicitei a reposição do vidro e retornei para a praça.

— Na saída da secretaria, fui interpelado pelo repórter Mário Sepulveda que se posicionou em pergunta e afirmação. Quebraram a porta do seu departamento? Respondi que alguma coisa aconteceu. Ele perguntou se eu queria dar uma entrevista sobre isso. Disse que não, porque não tinha nada a dizer. Retornei para a praça do Ex-combatente.

— Ao retornar da praça, reencontrei o repórter na secretaria. Ele me abordou, mais uma vez, afirmando quem teria quebrado a porta. Se eu queria dar entrevista sobre o fato. Da mesma forma anterior respondi que não.

Perguntas

Ao final das declarações, o JGB questionou o diretor a respeito de alguns dados. Dentre eles, em qual horário se encontrava na secretaria e em qual horário se encontrava na Praça do Ex-combatente.

Deodato Peixinho declarou que: “quando cheguei à Praça do Ex-combatente, não me atinei para a questão de horário. Eu estava na secretaria o tempo todo, saí, para ir à praça e retornei à secretaria, retornei à praça, e ao final da tarde e fiquei na secretaria até as 17:45 horas.

Segundo Deodato Peixinho, foi Leonardo que ligou às 16 horas da quinta-feira, do telefone (075)3602-8121. Ele trabalha no gabinete do diretor.

Questionado sobre se conhece Michelle Cerqueira Cedraz, Deodato Peixinho disse que desconhece a pessoa e que nunca há viu na secretaria.

Pressões

Fontes do Jornal Grande Bahia narram que, ao negar os fatos divulgados, o diretor Deodato Peixinho agiu sob pressão política. As fontes disseram também que novos documentos e relatos podem ser apresentados, com a finalidade esclarecer a opinião pública.

Leia +

Contratação da namorada do secretário municipal de Serviços Públicos de Feira de Santana, como cabo de turma do serviço de limpeza urbana, é questionada

Secretário de Serviços Públicos de Feira de Santana emite nota contestando publicação do Jornal Grande Bahia e ameaçando veículo com processo

Jornal Grande Bahia apresenta cópia de documento em que consta Michelle Cedraz como cabo de turma do serviço de limpeza pública de Feira de Santana; veículo vai encaminhar representação ao MPBA e TCM

Feira de Santana: diretor de Áreas Verdes Deodato Peixinho acusa secretário Ícaro Ivvin de ato de violência

Feira de Santana: diretor de Áreas Verdes Deodato Peixinho nega de forma veemente que tenha acusado secretário Ícaro Ivvin de atos de violência

Feira de Santana: caso do diretor Deodato Peixinho x secretário Ícaro Ivvin; a verdade revelada

Outras publicações

Prefeitura de Feira de Santana conclui prolongamento da Avenida Fraga Maia Trecho da Avenida Fraga Maia, em Feira de Santana. Importante vetor de desenvolvimento e de circulação de veículos, a avenida Francisco Fraga Maia j...
Oferta onerosa de 25,2% do faturamento bruto da Zona Azul de Feira de Santana levanta questionamento sobe a capacidade de execução do serviço contratado Prefeitura Municipal de Feira de Santana pode vir a assinar contrato inexequível. Na segunda-feira (28/09/2015) a empresa Sinal Vida, vencedora da l...
Municípios baianos recebem capacitação para o enfrentamento à violência contra a mulher A Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) realiza, durante o mês de novembro, nos municípios de Feira de Santana, Seabra e...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.