Feira de Santana: Cônsul cubana visita Polimodas e elogia produtos

Borges Junior e Laura Pujol durante visita ao Polimodas.

Borges Junior e Laura Pujol durante visita ao Polimodas.

A cônsul geral de Cuba para o Nordeste, Laura Pujol, esteve em Feira de Santana nesta terça-feira (13/09/2016). Visitou o Polimoda, atacadista de confecções, onde visitou lojas, e empresas locais. A acompanharam o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, e o presidente do Sindivest, Edson Nogueira.

Ela disse que o governo cubano tem interesse de, no futuro bem próximo, firmar acordos comerciais com empresas feirenses e da região. A visita foi definida como comercial. Importadores do país caribenho visitarão fábricas locais. O objetivo, de acordo com a cônsul, é eliminar a figura do atravessador e firmar acordos diretamente com os fabricantes.

No Polimoda, Laura Pujol visitou lojas de confecções e de bolsas de couro. Elogiou a qualidade dos produtos. “Os produtos de couro brasileiros são conhecidos pela qualidade”. Em novembro será realizada a Feira Internacional de Havana, que acontece há 30 anos, com a participação de 30 países. “Feira de Santana é um polo importante, por isso viemos aqui”.

Antônio Carlos Borges Júnior disse que a visita da cônsul abre a possibilidade de que empresas feirenses participem de um mercado que se expande para o mundo. “Temos um grande potencial de produção aliado à qualidade. Isso é o que eles estão buscando e nós podemos oferecer muito bem”, afirmou o secretário.

Para Edson Nogueira, a visita da cônsul abre perspectivas de negócios futuros com Cuba. “Abre-se a possibilidade de a gente atuar naquele mercado”. Estiveram presentes Vilma Laffitte Rodrigues, diretora comercial da Brasraf, trader sediada em São Paulo, exportadora responsável pelas principais exportações do Brasil para Cuba. Mais Dagmar Gonzaléz Grau, conselheira comercial de Cuba. À tarde elas se reuniram com empresários locais que têm interesse no mercado cubano.

O estoque de frascos de vidro no Banco de Leite do Hospital da Mulher não passa de dez unidades. A quantidade ideal seria pelo menos cinco vezes maior. São nestes recipientes que o leite é pasteurizado e estocado. Diante disso, a possibilidade de que o alimento, importante na recuperação de bebês prematuros, seja desperdiçada é grande.

Principalmente entre as doadoras, que, se a situação se agravar, poderão ficar sem ter frascos de reposição e, assim, não ter onde estocar o excedente do seu leite. Daí a necessidade das pessoas doarem os frascos usados de café solúvel ou maionese, que tem tampa de plástico com rosca. A demanda por estes produtos é grande no BLH.

Alguns vidros são perdidos em pequenos acidentes, como queda. Outros racham quando submetidos após a variação de temperatura da pasteurização, que elimina micro-organismos nocivos. Depois deste período fica impróprio para o consumo. De acordo com a enfermeira Talitha Rios, nesta terça-feira, 13, não foi realizada pasteurização devido a falta de frascos.

“A falta de frascos pode levar as doadoras a se sentirem desestimuladas”, continuou a enfermeira. “Por isso pedimos a colaboração de todos”. A preocupação é potencializada pelo curto período no qual o leite pode ficar estocado à espera da pasteurização, que é de apenas duas semanas. Vencido o prazo, é descartado.

Os interessados em fazer doações podem entrar em contato pelos telefones 3602.7156 e o 3602.7155. Uma equipe do Hospital da Mulher vai buscar os fracos nas residências.

Outras publicações

Feira de Santana: vereador Isaías dos Santos pede aprovação de projeto que prevê multa para Embasa Vereador Isaías dos Santos (Isaías de Diogo) pede aprovação de projeto que prevê multa para Embasa. O vereador Isaías de Diogo (PSC), durante discur...
UEFS Editora lança novos livros UEFS Editora lança novos livros. A UEFS Editora lança, na quinta-feira (14/05/2015), a partir das 16h, oito novos títulos de diversas áreas do conhe...
Feira de Santana: show no Cuca apresenta sucessos do cinema com entrada franca Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA), localizado em Feira de Santana. O Centro Universitário de Cultura e Arte promove nesta sexta-feira (2...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br