Dia Municipal do Obreiro Cristão comemorado em sessão solene na Câmara Municipal de Feira de Santana

Lideranças evangélicas e políticas comemoram o Dia Municipal do Obreiro Cristão.

Lideranças evangélicas e políticas comemoram o Dia Municipal do Obreiro Cristão.

Em sessão solene realizada na noite desta sexta-feira (26/08/2016), a Câmara Municipal registrou o Dia Municipal do Obreiro Cristão, atendendo proposta de autoria do Vereador Eliziário Ribeiro. O ponto alto do evento foi a palestra do Bispo Jorge Vieira Bispo dos Santos, responsável pelos obreiros do bloco de Feira de Santana da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

“A palavra obreiro significa aquele que trabalha, operário”, definiu o palestrante, acrescentando que o alvo é servir ao reino de Deus, não somente como o “braço direito” do pastor dentro das igrejas, mas como “uma autoridade espiritual”. Orar pelos enfermos, cuidar do templo e levar o Evangelho às comunidades também são funções do obreiro, de acordo com Jorge Vieira.

Em sua palestra, o Bispo lembrou que a data foi criada por meio do Projeto de Lei nº 111/2015 e deve ser celebrada sempre no terceiro domingo do mês de agosto. “Quando cheguei à igreja, há 36 anos, doente, fui recebido por um obreiro”, contou o palestrante afirmando ter orgulho do exercício da atividade. O trabalho dos obreiros no Município foimostrado em um vídeo exibido no final da palestra.

Essa foi a tônica também do discurso do vereador Eli Ribeiro, que igualmente recordou a recepção que teve ao chegar à igreja. “Vocês são valorosos”, atestou, ao saudar ao saudar os convidados que ocuparam o plenário e a galeria da Casa da Cidadania, dentre eles a obreira Analícia dos Santos, que desempenha a função há quase quatro décadas e foi homenageada com um buquê de flores.

“Sinto-me privilegiado por ser responsável pelos obreiros, que são a coluna da igreja”, afirmou o Bispo Henrique Fabrício, responsável pelos obreiros da Bahia na Igreja Universal do Reino de Deus. “Vocês foram escolhidos e devem valorizar esse chamado de Deus”, destacou o Bispo, que promoveu um belo momento de oração durante a solenidade.

O deputado estadual José de Arimatéia lembrou que também foi obreiro e que pela mão de dois desses trabalhadores da fé foi levado para dentro da igreja. “Eles foram muletas”, definiu, ressaltando que “obreiro é aquele que ganha almas e não é somente na Igreja Universal”.Emocionado, Arimatéia enfatizou que não há dinheiro que pague esse trabalho, porque o obreiro não é operário do homem, mas de Deus.

“O olhar que as pessoas tinham sobre as igrejas evangélicas eram discriminatórios”, afirmou o deputado federal Márcio Marinho, para destacar a importância do momento solene na Câmara Municipal. “Continuamos a fazer a mesma coisa que fazíamos quando estávamos na condição de vocês”, disse, ressaltando que por trás da função existem pais e mães de família que também têm problemas. “Mas a vocação se sobrepõe, sempre”, frisou.

A mesa de honra da solenidade foi composta pelo vereador Eli Ribeiro, que presidiu os trabalhos,o Bispo Roque Hudson Mamona, representando o prefeito José Ronaldo, Bispo Henrique Fabrício, deputado federal Márcio Marinho, deputado estadual José de Arimatéia e o palestrante.

Outras publicações

Anna Paloma Martins Rocha Ribeiro receberá título de Cidadã Feirense Vereadora Cíntia Daltro Machado é autora do projeto de Lei que concede título de Cidadã Feirense à Anna Paloma Martins Rocha Ribeiro. Aprovado por u...
Eleições 2016 – Feira de Santana: vereador David Neto não foi reeleito e diz que não tem interesse em volta à Câmara David Evangelista Leite Neto é filiado ao Democratas e participou do pleito de 2016 através da coligação ‘O trabalho continua’, formada pelo PRB, DEM...
Câmara Municipal de Feira de Santana debate em audiência pública a profissão do bombeiro civil Bombeiros acompanharam debate na Câmara Municipal de Feira de Santana. A Câmara Municipal de Feira de Santana realizou, na manhã desta sexta-feira (...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br