Contra o Golpe: um manto negro recobre a Justiça, alerta Diretório Acadêmico Demócrito de Souza Filho

Monumento à Justiça localizado no pátio da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco é recoberto com manto negro. Democracia enfrenta a longa noite da injustiça.

Monumento à Justiça localizado no pátio da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco é recoberto com manto negro. Democracia enfrenta a longa noite da injustiça.

Membros do Diretório Acadêmico Demócrito de Souza Filho (DADSF), da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (antiga Faculdade de Direito do Recife), recobriram com manto negro o monumento à Justiça, localizado no pátio da faculdade, em repúdio ao “golpe parlamentar do dia 31 de agosto de 2016”.

Além do ato, o DADSF emitiu nota reafirmando que a usurpação da República foi uma tomada de poder reacionária.

Confira o teor da nota

O golpe jurídico-midiático-empresarial dado no dia 31 de agosto de 2016 escancara as vertentes mais reacionárias da politica brasileira. Representa a perda de direitos trabalhistas, violência institucional e entreguismo politico. O judiciário, símbolo da legalidade, exerceu um papel fundamental na criação da farsa do golpe e no atentado a frágil e breve democracia brasileira.

À justiça não cabe a cegueira

A resposta virá das ruas.

Faculdade de Direito do Recife, 31 de agosto de 2016

Outras publicações

Presidente Dilma Rousseff cumprimenta François Hollande por vitória nas eleições A presidenta Dilma Rousseff enviou mensagem ao presidente eleito da França, François Hollande, pela vitória nas eleições desse domingo (06/05/2012)....
Defesa da ex-presidente Dilma Rousseff entra com nova ação contra impeachment Defesa da ex-presidente Dilma Rousseff entrou com uma nova ação no STF. A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff entrou com uma nova ação, no Suprem...
Na Cúpula da Unasul, Presidente Dilma Rousseff destaca protagonismo da região na interlocução global “Nós queremos uma Unasul renovada, fortalecida e atuante, e sabemos que ela contribuirá para a integração e o convívio harmônico entre nossos povos, ...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.