Apostila da Haia: cartórios de Salvador validam documentos utilizados pelos consulados

A juíza corregedora Andrea Paula Miranda, coordenadora dos Cartórios Extrajudiciais, fala sobre as principais demandas.

A juíza corregedora Andrea Paula Miranda, coordenadora dos Cartórios Extrajudiciais, fala sobre as principais demandas.

Os cartórios do 3º, 4º, 6º e 12º Ofício de Notas de Salvador já estão emitindo documentos de acordo com a Convenção da Apostila da Haia. O procedimento torna desnecessária a legalização consular para a validação de documentos no exterior.

Iniciado em agosto passado, o serviço é mais simples, além de mais econômico e menos oneroso. Anteriormente, o cidadão deveria, após obter o registro de nascimento, por exemplo, ir ao consulado do país no qual iria utilizar o documento, pagar uma taxa e conseguir a ‘legalização’.

Agora, basta ir ao cartório, obter o documento público ao qual será anexada a Apostila de Haia tornando-o válido em todos os demais países signatários da convenção.

“A demanda tem sido grande e a procura maior é por registros de nascimento, casamento e morte, diplomas acadêmicos, certificados de conclusão de cursos e históricos escolares”, diz a juíza corregedora Andrea Paula Miranda, coordenadora dos Cartórios Extrajudiciais, vinculados à Corregedoria Geral da Justiça.

Em dezembro de 2015 o Governo brasileiro aderiu à Convenção Sobre a Eliminação da Exigência de Legalização de Documentos Públicos Estrangeiros, que ficou conhecida como a Convenção da Apostila da Haia. A Convenção tem como objetivo a facilitação do trâmite internacional de documentos públicos entre o Brasil e os demais 111 países que também aplicam o instrumento.

A palavra Apostila é de origem francesa e provém do verbo apostiller, que significa anotação. Neste caso, a apostila pode ser definida como um certificado emitido nos termos da Convenção, que autentica a origem de um documento público.

O Conselho Nacional de Justiça editou a Resolução nº 228, de 22 de junho de 2016, regulamentando a emissão da Apostila da Haia pelos Cartórios brasileiros.

Outras publicações

Discurso de posse de Telma Britto ao tomar posse como presidenta do Tribunal de Justiça da Bahia Desembargadora Telma Britto assume presidência do TJBA. Solenidade de posse de Telma Britto como presidenta do Tribunal de Justiça do Estado da B...
CNJ mantém ex-presidentes do Tribunal de Justiça da Bahia Mario Hirs e Telma Britto na pauta de julgamento Desembargadores Mario Alberto Simões Hirs e Telma Laura Silva Britto respondem a processo administrativo no CNJ. Em decorrência do volume de ações a...
TJBA confirma pedido da Oposição e suspende projeto do Governo da Bahia Deputados da bancada de oposição na ALBA comemora decisão do TJBA. Em julgamento de mérito na sessão de Direito Público desta quinta-feira (27/10/20...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br