Vereador Alberto Nery diz que ônibus retirados da frota de transporte público de Feira de Santana estão em Sorocaba circulando

Ônibus retirados da frota de transporte público de Feira de Santana estão em Sorocaba circulando.

Ônibus retirados da frota de transporte público de Feira de Santana estão em Sorocaba circulando.

Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, na manhã desta quarta-feira (24/08/2016), o vereador Alberto Nery (PT), com base em informações de rodoviários sindicalistas do estado de São Paulo, denunciou que 10 ônibus que foram retirados da frota das empresas que operam o serviço de transporte coletivo em Feira de Santana, sob alegação de que passariam por “recall”, estão rodando no município de Sorocaba. O petista disse que dispõe de fotos que comprovam a denúncia.

Nery lembrou que já havia sido denunciado nas redes sociais e em matérias jornalísticas que alguns veículos do transporte coletivo urbano de Feira de Santana foram flagrados deixando a cidade através da BR-116 Sul e, por conta disso, na época, ele chegou a cobrar explicação do Governo Municipal, que, por meio de nota, justificou que os referidos ônibus passariam apenas por manutenção no município de Campinas e não desfalcariam a frota do transporte público  de Feira.

Segundo o vereador, os empresários do grupo Rosa e São João, ao serem questionados sobre o assunto, deixaram bem claro que estavam tirando os ônibus da frota porque o sistema de transporte coletivo de Feira de Santana não os remuneram conforme estava contido no edital de licitação, “que era transportar 2,5 milhões de passageiros –  eles hoje estão transportando 1,8 milhão e alegam que estão tendo um prejuízo de aproximadamente R$ 1,6 milhão por mês”, informou o edil.

Alberto Nery classificou a situação como vergonhosa e sugeriu ao poder público municipal que cancelasse a licitação do transporte coletivo urbano de Feira de Santana, porque, segundo ele, as empresas não estão cumprindo aquilo que ficou efetivamente acordado. “Está lá escrito: são 270 veículos operando em Feira de Santana e que teria uma frota de reserva de 10%, mas os empresários chegam aqui e diz que não estão ganhando dinheiro, pegam os carros e vão embora, e a Prefeitura não toma nenhuma posição contra esse ato absurdo cometido pelas empresas”, criticou.

O petista acrescentou que, de acordo com o edital de licitação,  as empresas Rosa e São João têm também  que comprovar mensalmente o depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço da classe trabalhadora.  No entanto,  disse o vereador, as empresas supracitadas ficaram quatro meses sem fazer o depósito e, após reclamação do Sindicato dos Rodoviários de Feira de Santana (Sintrafs) e do Ministério Público, os empresários do transporte coletivo fizeram um parcelamento do FGTS.

Em aparte, o líder do Governo, vereador José Carneiro (PSDB), explicou que quando o poder público municipal fez a licitação para o transporte coletivo, as empresas ganhadoras do certame atenderam todas as exigências do processo licitatório. “O Governo Municipal não tem o poder de imaginar as dificuldades que as empresas A, B ou C venham a ter futuramente. Agora, eu concordo com Vossa Excelência: o secretário Pedro Boaventura, que disse no rádio que esses ônibus foram para São Paulo fazer recall, precisa dar uma satisfação mesmo. Aliás, com todo o respeito que eu tenho ao secretário Pedro Boaventura, eu vejo muita conversa e pouca ação”, pontuou.

Outras publicações

Feira de Santana: Vereador Antônio Francisco Neto elogia ação de Jairo Carneiro na Câmara dos Deputados e diz que ele deixa lacuna no DEM Vereador crítica noticiário da Agecom sobre a Expofeira  O vereador Ewerton Carneiro, o Tom (PTN), hoje (08/04/2016), na tribuna da Casa da Cidadania...
Feira de Santana: denúncia gera debate entre líder do governo e oposicionista Vereador José Carneiro Rocha requisitou que fosse constado em ata “a afirmação do edil Edvaldo Lima de que os três poderes Judiciário, Executivo e Le...
Editorial: blasfêmia e denúncia na Câmara Municipal de Feira de Santana Vereador David Evangelista Leite Neto (DEM) denuncia distribuição irregular de cargos entre os edis da base do governo municipal de Feira de Santana....

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br