STF suspende exigência de que juízes apresentem razões de suspeição

STF suspende exigência.

STF suspende exigência.

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar no Mandado de Segurança (MS) 34316, suspendendo os efeitos do Ofício Circular 22/2016, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determina a observância da Resolução 82/2009, a qual obriga os magistrados de 1º e 2º grau a informarem às corregedorias as razões do foro íntimo invocado nos processos em que afirmem suspeição.

De acordo com o relator, a norma do CNJ, à primeira vista, é incompatível com o artigo 145, parágrafo 1º, do novo Código de Processo Civil (CPC), segundo o qual o juiz poderá declarar-se suspeito por motivo de foro íntimo, sem necessidade de declarar suas razões. O mandado de segurança foi impetrado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).

No MS 34316, as entidades sustentam que o novo CPC (Lei 13.105/2015) estabelece que, ao declarar a suspeição por motivo íntimo, o magistrado assim o fará sem necessidade de declarar suas razões. Alegam que, nos termos do parágrafo 1º do artigo 2º da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro (Decreto-lei 4.657/1942), “a lei posterior revoga a anterior quando expressamente o declare, quando seja com ela incompatível ou quando regule inteiramente a matéria de que tratava a lei anterior”.

Outras publicações

A suprema coerência do STF | Por Ernesto Marques Maioria do Supremo Tribunal Federal mantém Renan Calheiros na presidência do Senado, mas afastado da linha sucessória da presidência da República. F...
Justiça Federal no Rio de Janeiro mantém prisão de ex-superintendente da Eletronuclear Por maioria dos votos, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) manteve a prisão preventiva do ex-superintendente de Construção da Eletronuclea...
Audiência da Lava Jato é marcada por novo embate entre juiz Sérgio Moro e advogados do Lula; depoentes da acusação não confirmaram ilícitos praticados pelo ex-presidente... Advogados Cristiano Zanin Martins, Cirino dos Santos criticam postura do juiz Sérgio Moro. A ação penal em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da S...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br