Situação orçamentária da UEFS leva à suspensão de eventos culturais do CUCA em 2016

Complexo de edificações do Cuca abrigam o Museu Regional de Arte, a Galeria de Arte Carlo Barbosa, o Teatro do Cuca, o Seminário de Música, e as Oficinas de Criação Artística.

Complexo de edificações do Cuca abrigam o Museu Regional de Arte, a Galeria de Arte Carlo Barbosa, o Teatro do Cuca, o Seminário de Música, e as Oficinas de Criação Artística.

Em nota, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) informou que O Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA) não tem previsão de realização, em 2016, do Festival de Sanfoneiros e da Caminhada do Folclore, por conta a situação orçamentária da UEFS.

Em 2015, após o anúncio do cancelamento dos eventos, com a repercussão do fato junto à sociedade, obteve-se recurso da ordem R$ 100.000,00, junto à Secretaria de Cultura do Estado. Esse recurso mostrou-se suficiente para o custeio da Caminhada do Folclore, que pôde então ser realizada no mês de outubro. Até o momento, contudo, não há indicativos de recursos extras para realização destes eventos em 2016, apesar dos esforços para obtenção de financiamentos por meio de editais de fomento à cultura, informa a Uefs.

Segundo a nota, o Centro Universitário de Cultura e Arte da Uefs, cumprindo seu papel social, e apesar das dificuldades enfrentadas, mantém outros importantes eventos de sua programação cultural, como o Bando Anunciador, que teve a maior participação popular desde sua retomada, em 2007; e o Aberto do CUCA, um dia inteiro dedicado a todas as linguagens artísticas, com ampla e diversificada programação cultural, previsto para o dia 22 de setembro. Foi assegurada também a manutenção do programa de oficinas do CUCA, com ampliação do número de vagas ofertadas à comunidade, em 22 oficinas nas áreas de música, dança e atividades corporais, teatro e artes visuais, contemplando atualmente cerca de 1.900 alunos por semestre.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.