Senador Otto Alencar reafirma convicção da inocência de Dilma e aprova trabalho da presidente na Bahia

Senador Otto Alencar se diz convencido da inocência de Dilma Rousseff.

Senador Otto Alencar se diz convencido da inocência de Dilma Rousseff.

O senador Otto Alencar (PSD-BA) afirmou que votará contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff por entender que a defesa foi convincente ao rebater as acusações. Ele pediu aos colegas que se atenham aos autos do processo, onde, em sua opinião, a inocência da presidente ficou demonstrada.

– Respeito a opinião [contrária], mas aprendi que em um julgamento, para ser isento, se observa o que está nos autos. Eu fico com as razões apresentadas pelo advogado da presidente. Ele me convence que não houve crime de responsabilidade.

Otto Alencar criticou parlamentares que integravam a base de apoio do governo Dilma e agora defendem o impeachment. Para o senador, a “perda de popularidade” da presidente afastou os antigos aliados. Ele declarou ter “gratidão e respeito” pela presidente, destacou obras realizadas em seu estado com o apoio do governo federal quando ela ocupava a chefia do Executivo e disse que ela “não precisava pedir [seu] voto”.

O senador lembrou também que já atuou como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Bahia e que, nessa condição, julgou contas de diversos prefeitos. Vários deles, segundo Otto Alencar, incorreram em descumprimentos da Lei de Responsabilidade Fiscal – uma das acusações que pesa contra Dilma — mas não foram punidos com a perda do mandato.

Confira vídeo

Outras publicações

Operação da PF mira gráficas da chapa Dilma Rousseff/Michel Temer Objetivo da operação que está sendo realizada nesta terça-feira é inspecionar empresas para verificar se teriam capacidade de prestar serviços de cam...
PMDB quer limitar ministérios do executivo federal ao máximo de 20 pastas Leonardo Picciani: “Não faz sentido propor cortes de despesas e aumentar o custo do Fundo Partidário. Então, a bancada do PMDB faz uma solicitação à ...
Ministra Rosa Weber: Dilma Rousseff pode ter cargo público antes de STF julgar votação fatiada Ministra Rosa Weber. Na decisão em que negou liminar para impedir que Dilma Rousseff ocupe cargos públicos, a ministra Rosa Weber disse não haver qu...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br