Rodoviários da Bahia cobram mais rigor com reincidentes em assaltos

Secretário estadual Maurício Teles Barbosa coordenou reunião.

Secretário estadual Maurício Teles Barbosa coordenou reunião.

Discutir os principais entraves para a diminuição ainda maior dos índices de ataques contra ônibus e sugerir ações para potencializar o trabalho da polícia foram discutidos na tarde desta quinta-feira (04/08/2016), no Centro de Operações e Inteligência da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia, durante a primeira reunião do Comitê Integrado de Defesa do Transporte Rodoviário. Até o mês de julho, o número de assalto a ônibus caiu 11% em relação ao mesmo período do ano passado.

Além dos assaltos a ônibus, o encontro também discutiu os prejuízos causados pela queima dos coletivos como forma de protesto nos bairros. Para o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, a discussão sobre esses tipos de crimes deve ser ampla, já que atinge diretamente a população. “O Objetivo é abordar o problema de forma mais abrangente, com o envolvimento de todos os setores responsáveis pela oferta, prestação e proteção ao serviço de transporte público”, explicou.

Ao lado do comandante da Operação Gêmeos da Polícia Militar, Major Edson Lima, e do titular do Grupo Especial de Repressão a Roubos de Coletivos (Gerrc), delegado José Nélis, os representantes do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, apontaram a reincidência como um dos principais problemas. “É difícil para um rodoviário ser assaltado num dia e dois dias depois encontrar com o assaltante na rua, mesmo sabendo que ele foi preso em flagrante”, desabafa o presidente em exercício do sindicato, Fábio Primo.” Precisamos de penas mais rígidas”, continuou.

Segundo o titular do Gerrc, atualmente, a audiência de custódia representa 90% de chance de soltura do preso. “Temos casos em que mesmo com o emprego de muita violência, o acusado acaba sendo liberado poucos dias depois de preso e, na maioria das vezes, ele volta a reincidir no crime”, afirmou o delegado, que teve o discurso ratificado pelo comandante da Operação Gêmeos – unidade da Polícia Militar responsável pelo policiamento ostensivo de combate a assalto a ônibus.

Outros entraves apontados pelos policiais como dificultadores da repressão a esse tipo de crime são a demora na entrega das imagens das câmeras instaladas nos coletivos, assim como a baixa qualidade do material, além das publicidades aplicadas nos vidros traseiros dos coletivos – os busdoors – que dificultam a visibilidade do que ocorre dentro dos veículos.

Com a participação do diretor do Sindicato de Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps), César Nunes, do diretor de Transporte da Secretaria Municipal de Mobilidade, Matheus Moura, e do coordenador do Centro Integrado de Monitoramento do município, Valney Teixeira, a reunião definiu ações de cada instituição envolvida na oferta e na proteção do serviço de transporte soteropolitano.

Já representando o Tribunal de Justiça da Bahia, o juiz Antônio Faiçal, sugeriu o levantamento dos casos de soltura de assaltantes de ônibus no último semestre para uma análise mais minuciosa dos casos. “Em parceira com o Gerrc vamos estudar se, de fato, o índice de soltura para este tipo de crime é alto e qual número de reincidência para analisarmos quais medidas poderão ser tomadas no âmbito judicial”, destacou.

Também participaram do encontro o promotor Geder Luiz Rocha Gomes, o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, e o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, tenente-coronel, Nilton Paixão.

Outras publicações

Inscrições para Ouvidoria Defensoria Pública permancem abertas Permanecem abertas, até o dia quatro de fevereiro, sexta-feira, as inscrições para o cargo de ouvidor geral da Defensoria Pública da Bahia. Para se ca...
Bahia é o primeiro estado a regulamentar a produção de mel por abelhas sem ferrão Abelhas produzindo mel. Em ação pioneira no Brasil, a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura do...
Inscrições de concurso para professor da rede estadual da Bahia começam sexta-feira A partir desta sexta-feira (15/10/2010), começam as inscrições do concurso público para professor da rede estadual da Bahia. Os interessados podem se ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br