Líderes internacionais defendem ex-presidente Lula, Dilma Rousseff e respeito à democracia

Bernie Sanders, senador americano: Estou profundamente preocupado com a tentativa de remover a presidenta eleita democraticamente do Brasil, Dilma Rousseff.

Bernie Sanders, senador americano: Estou profundamente preocupado com a tentativa de remover a presidenta eleita democraticamente do Brasil, Dilma Rousseff.

Diferentes pessoas de diversos países notaram e vem denunciando a perseguição judicial e midiática ao ex-presidente Lula, além do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.

Responsáveis por tirar 36 milhões de pessoas da miséria e promover mais de 42 milhões à classe média, além de realizarem uma revolução na educação, Lula e Dilma transformaram radicalmente o Brasil, de um país para poucos em um país com oportunidades para os que eram excluídos.

Apesar da intensa campanha de difamação da grande mídia, que fecha os olhos para as violações de direitos que o processo ilegal do impeachment carrega, é cada vez maior o número de líderes estrangeiros que denunciam o golpe e declaram apoio à Lula e Dilma.

Veja quem se manifestou esta semana em defesa da democracia brasileira:

1- Matteo Renzi, primeiro-ministro da Itália: “Muitas pessoas saíram da pobreza durante o governo de Lula. A história será gentil com ele”. Em sua primeira viagem oficial pelo Brasil, o ministro da Itália declarou que Lula é uma ótima referência para ele por ter tirado mais de 36 milhões de pessoas da pobreza.

2- François Hollande, presidente da França: “Sou amigo do Lula. O importante é que a Constituição seja respeitada”.Presente na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Hollande declarou que foi convidado à cerimônia, há dois anos, pela própria presidenta Dilma.

3- Bernie Sanders, senador americano: “Estou profundamente preocupado com a tentativa de remover a presidenta eleita democraticamente do Brasil, Dilma Rousseff”. Nesta semana, o senador americano Bernie Sanders divulgou comunicado para denunciar o golpe no Brasil e pedir que os EUA se posicionem contra impeachment que “mais parece um golpe de estado”. O senador criticou ainda o fim do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos durante o governo interino de Michel Temer.

4- Rafael Correa, presidente do Equador: “O processo contra Dilma é uma piada. Eu lhe asseguro que Dilma Rousseff e meu bom amigo Lula da Silva não são pessoas corruptas. São extremamente honestos”. Em entrevista, Correa lembrou que Dilma “é acusada de coisas que tanto [Fernando Henrique] Cardoso como Lula fizeram, e que eram permitidas”.

Outras publicações

Vereador Hilton Coelho exige posicionamento da Câmara dos Deputados cassando Eduardo Cunha e demais corruptos Vereador Hilton Coelho lança campanha 'Fora Cunha'. Indignado com a demora em uma resolução sobre o caso Cunha, o vereador Hilton Coelho (PSOL) decl...
Eleições 2014 | PMDB é maioria entre governos estaduais e segundo partido na Câmara Federal Mapa do Brasil com o nome e partido dos governadores eleitos em 2014. Mapa do Brasil com a indicação dos governadores eleitos em 2014, distribuíd...
Juiz Sérgio Moro veta parte de perguntas da defesa de Eduardo Cunha ao correligionário peemdebista presidente Michel Temer Presidente Michel Temer (PMDB) não tem muito o que se preocupar, juiz Sérgio Moro evitou perguntas constrangedoras. O juiz federal Sérgio Moro decid...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br