Feira de Santana: vereador Isaías dos Santos critica regulação e dificuldade de transferir pacientes

Isaías dos Santos (Isaías de Diogo): lembrou que houve uma audiência pública na Casa da Cidadania, com a presença da Comissão Estadual de Saúde, para debater a saúde no município.

Isaías dos Santos (Isaías de Diogo): lembrou que houve uma audiência pública na Casa da Cidadania, com a presença da Comissão Estadual de Saúde, para debater a saúde no município.

Nesta terça-feira (23/08/2016), em discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Isaías de Diogo (PSC) criticou a regulação por parte do Governo do Estado, que, segundo ele, tem gerado transtornos e dificuldades para pacientes em estado grave de policlínicas se transferirem para hospitais estaduais, a exemplo do Hospital Geral Clériston Andrade.

“Estamos vivendo um momento um pouco complicado na cidade. As pessoas que vão às policlínicas esperando oportunidade de regulação, infelizmente, algumas não têm conseguido, porque tem morrido antes de chegar o resultado da regulação”, afirmou.

O edil disse que ontem foi solicitado para auxiliar numa regulação de paciente.  “Ontem recebi uma mensagem de uma pessoa pedindo uma vaga, pois havia uma pessoa dela na policlínica do George Américo esperando regulação, mas, infelizmente, veio a óbito”, disse.

Isaías afirmou que este não foi um caso isolado. “Desde domingo tem quatro pacientes aguardando na policlínica do Feira X. Das quatro pessoas, apenas uma conseguiu regulação”, lamentou.

O vereador lembrou que houve uma audiência pública na Casa da Cidadania, com a presença da Comissão Estadual de Saúde, para debater a saúde no município. “Não passou de uma brincadeira, porque até hoje o pessoal que esteve aqui, para tentar discutir a saúde, não voltou para dar uma resposta a nossa cidade”, criticou o edil.

Ele reiterou: “as pessoas estão morrendo nas policlínicas, as policlínicas não têm condições de ter um paciente passando mais de 24 horas. No máximo, são 12 horas para estarem ali, mas estamos vivendo uma saúde pública em momento de falência, de decadência; as pessoas estão morrendo nas policlínicas porque as regulações nunca chegam”, avalia.

Em aparte, o vereador Roque Pereira (DEM) comentou o assunto. “Quero parabenizar Vossa Excelência pelo discurso. Tenho um caso parecido, tem um paciente na policlínica da Rua Nova há nove dias aguardando regulação, mas não é transferido por conta da burocracia. Ontem os familiares perderam a cabeça, tentando tirar o paciente de qualquer forma e, agora, tive informações que pediram a uma médica e ele acabou sendo transferido, por conta própria, para uma clínica no município de Senhor do Bonfim, porque não conseguiu regulação no Clériston ou para um hospital em Salvador”, informou.

Justiniano diz que problema da saúde não é regulação, e sim falta de leitos

Após o pronunciamento do vereador Isaías de Diogo (PSC) sobre a dificuldade enfrentada por pacientes de policlínicas de Feira de Santana para serem transferidos para hospitais públicos de média e alta complexidade, o edil Justiniano França (DEM), durante discurso na sessão legislativa desta terça-feira (23/08/2016), disse que o problema na saúde não é a burocracia na Central Estadual de Regulação, e sim a falta de leitos hospitalares.

“Precisamos ver uma solução a nível hospitalar da cidade. Temos culpado a regulação, a regulação não tem culpa. O problema é que o governador prometeu construir sete hospitais no estado, sendo um em Feira. O Clériston é um hospital de mais de 20 anos”, ressaltou.

O edil disse que deve ser muito complicado para os profissionais de saúde do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), por exemplo, lidar com a questão da falta de leitos.  “Eu não quero estar na pele dos profissionais de saúde daquele hospital para fazer uma seleção de quem tirar para dar alta sem que esteja curado, para entrar outras pessoas em estado crítico”.

Ele alertou que pacientes em estado crítico estão se internando em policlínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPA). “O Estado vai inaugurar uma UPA agora, mas a gente sabe que o problema vai continuar, porque nós precisamos neste município de mais um hospital geral. A promessa do governador Rui Costa não se cumpriu, porque nós precisávamos ver o início dessa construção desse hospital. Construir na semana das eleições, daqui a dois anos? Área tem a vontade, precisamos ver mais um hospital na nossa cidade”, disse.

Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (PSC) comentou o assunto. “Quero parabenizar o seu discurso e dizer que, em parte, eu concordo o que Vossa Excelência traz aqui nesta manhã, mas também o que nós não podemos aceitar é que as pessoas estejam morrendo por conta dessa tal irresponsabilidade do Governo do Estado da Bahia, que, pra mim, não deixa de ser oportunista”, declarou o edil, sugerindo que o Ministério Público crie plantões para visitar policlínicas aos finais de semana para observar a situação da saúde.

Em seguida, Justiniano alertou que nas Unidades de Pronto Atendimento e policlínicas não dispõem de estrutura para internação de pacientes.  “A UPA não tem hotelaria, porque não tem alimentação, é para o paciente ficar 24 horas e, nas policlínicas, 12 horas”, disse.

Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) também se pronunciou.  “Concordo com Vossa Excelência quando se refere à construção de um hospital o mais breve possível. Claro, a gente precisa, o Governo do Estado reconhece isso e todos nós reconhecemos, mas eu fiz uma indicação deste vereador para também construir um hospital de emergência do Governo do Município, que é importante”.

Retomando o discurso, o vereador Justiniano França pediu ao pepista que apontasse os recursos para construção de um hospital municipal em Feira de Santana.

Outras publicações

Gerência do Trabalho e Emprego em Feira de Santana implanta sistema de atendimento com hora marcada cO sistema já permite o agendamento prévio para os atendimentos que serão realizados a partir do dia 08 de setembro de 2014. Para tanto, o usuário dev...
Mês do Folclore: Museu Casa do Sertão expõe obras de César Cerqueira O Museu Casa do Sertão realiza a mostra Tradições Culturais de Feira de Santana com 11 telas em acrílico do pintor César Cerqueira. As obras represent...
Presidente do TJBA, Eserval Rocha autoriza licitação de R$ 9 milhões para reforma do Fórum de Feira de Santana Fórum Filinto Bastos em Feira de Santana recebe investimento de R$ 9 milhões. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia) O presidente do Tribunal ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br