Feira de Santana: construção de trincheiras do sistema BRT não depende de outorga, informa Inema

Documento do Inema sobre BRT é apresentado pela Prefeitura de Feira de Santana.

Documento do Inema sobre BRT é apresentado pela Prefeitura de Feira de Santana.

O Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) concluiu que as construções das trincheiras em Feira de Santana não dependem de outorga de direito de uso dos recursos hídricos. A declaração do órgão foi apresentada pelo secretário de Planejamento, Carlos Brito, em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 10, na Seplan.

O documento, datado do dia 5 de agosto de 2016, foi assinado pela coordenadora do Núcleo de Outorga, Robélia Gabriela Firmino de Paula, e pelo diretor de Regulação, Leonardo Carneiro Oliveira Cruz. Os equipamentos estão sendo construídos nos cruzamentos entre as avenidas Maria Quitéria e Getúlio Vargas, este em fase de conclusão, e entre a Presidente Dutra e a João Durval Carneiro, em fase inicial.

Os técnicos da Inema analisaram a documentação encaminhada pela Prefeitura, e por eles pedida, que mostrou a interceptação que foi e será realizada no lençol freático para a construção dos equipamentos. Carlos Brito salientou que as vazões nos locais estão abaixo do especificado pelo Inema para que se exija a outorga, que neste caso é a concessão de um serviço.

Na área onde está sendo finalizada a trincheira da Maria Quitéria e Getúlio Vargas, a vazão chega a 0,111 litro por segundo, que somaria nove mil litros em um dia. A que está sendo construída entre as avenidas Presidente Dutra e João Durval Carneiro atinge 0,43 litro no mesmo período de tempo.

Ele ainda explicou que a grande quantidade de água vista na obra está relacionada à fixação dos 304 tirantes, que são peças estruturais que são usadas para dar segurança às paredes laterais das trincheiras. Na sua fixação usa-se muita água. “Em cada uma delas foram usadas entre 10 mil e 20 mil litros de água”, afirmou Carlos Brito. Esteve presente o secretário de Comunicação Social, Valdomiro Silva.

Outras publicações

Obras de má qualidade são executadas pela Prefeitura de Feira de Santana Localizado em Feira de Santana e inaugurado em 2004, o Centro de Cultura Maestro Miro passa por constantes reformas. O Centro de Cultura Maestro Mir...
Prefeitura de Feira de Santana realiza leilão com 75 lotes A Prefeitura de Feira de Santana realizará no dia 20 dezembro de 2016 o último leilão de bens móveis inservíveis do ano. Os lances poderão ser dados p...
Rede Municipal vai ganhar mais oito escolas, informa prefeitura de Feira de Santana Prefeitura de Feira de Santana constrói novas escolas. Doze escolas da Rede Municipal de Feira de Santana estão em reforma e ampliação e outras oito...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br