Episódio em Vitória da Conquista envolvendo sindicalistas e governador do Estado evidência comportamento abjeto de setores do funcionalismo

Governador Rui Costa é insultando por sindicalistas ao discursar em Vitória da Conquista. Atitude dos servidores pode ser qualificada como desacato funcional.

Governador Rui Costa é insultando por sindicalistas ao discursar em Vitória da Conquista. Atitude dos servidores pode ser qualificada como desacato funcional.

Na segunda-feira (22/08/2016), durante visita do governador Rui Costa ao município de Vitória da Conquista, um reduzido número de pessoas, identificadas como servidoras da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (ADUSB), realizaram protesto em que foi inviabilizada a fala do governador. Os manifestantes protestavam por aumento de salário.

Em vídeo, que circula nas redes sociais, é perceptível quando o governador pede aos manifestantes que parem de gritar e agredi-lo verbalmente, ao mesmo tempo em que diz estar disposto ao diálogo, logo após concluir o discurso. A turba de possíveis sindicalistas ensandecidos não deu ouvidos ao governante, continuando com a grotesca cena de deseducação e falta de respeito à hierarquia funcional. Observado o descontrole dos manifestantes e temendo pela integridade física, o governador se retirou do palanque.

Membros da população, que presenciaram a cena, lamentaram a postura dos servidores. Pontuando que tinham se deslocado para assistir a fala do governador, em um gesto de agradecimento, pelos investimentos realizados no município de Vitória da Conquista.

Os membros da população qualificaram a atitude dos servidores como deseducada e bastante desrespeitosa. Segundo os populares, os manifestantes, ao agirem, insultavam a autoridade e a representatividade do governador. Na sequência, ponderaram que o direito de manifestação não é absoluto e que ocorreu desrespeito funcional ao chefe do Poder Executivo da Bahia. Para vários cidadãos, os manifestantes deveriam ser enquadrados por desacato funcional.

Pedindo para ter a identidade preservada, um dos cidadãos ponderou que enquanto aqueles servidores buscam aumento de salários, com o país em crise, a qualidade da educação é deteriorada por falta de compromisso de vários profissionais, inclusive dos manifestantes.

“Pagamos impostos para que trabalhem e eles prestam serviço com qualidade bastante questionável, isso, quando trabalham. Então, eles, ao realizarem essa manifestação, agridem o representante do povo baiano. Esses manifestantes insultam à cidadania e isso deve ser repudiado”, comentou um dos cidadãos.

Comportamento abjeto

Existe um reiterado comportamento abjeto de setores da sociedade, no que tange o desrespeito à atividade política de mandatários. Esse comportamento em nada contribui para o aprimoramento da democracia, apenas evidencia o que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes qualificou como a tentativa de sequestro do Estado por setores do funcionalismo, pontuando que diferentes segmentos praticam parcela de assalto aos cofres públicos, através benefícios questionáveis.

Investimentos

Durante visita à Vitória da Conquista, o governador Rui Costa inaugurou a maior Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) do interior do estado; entregou viaturas para renovação da frota da Polícia Militar; assinou o memorando de entendimento com empresa Cristália em parceria com a Bahiafarma, para produção de medicamentos oncológicos de combate a doenças falciformes; inaugurou o Centro POP Adulto e realizou vistoria nas obras de Hospital de Base.

Outras publicações

Governo da Bahia intensifica ações para minimizar os efeitos da seca no estado Governo da Bahia investe em sistemas de segurança hídrica. Cinco mil famílias de agricultores familiares do semiárido baiano estão sendo beneficiada...
Governador Jaques Wagner sanciona lei que obriga operadoras de telefonia a bloquear sinal nas penitenciárias Governador Jaques Wagner sanciona lei. As empresas operadoras do Serviço Móvel Pessoal (SMP), que envolve telefonia e internet móveis, têm 180 dias ...
Eleições 2014 – Bahia: Rui Costa critica duramente Paulo Souto e diz que ex-governador “teve oito anos para fazer obras e não realizou” Rui Costa: “O candidato de oposição teve oportunidade durante oito anos e não mostrou disposição para buscar grandes projetos para a Bahia.". Em vis...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.