Eleições 2016 – Salvador: Cláudio Silva pensa diferente sobre os centros religiosos de Salvador

Cláudio Silva participou da Feijoada Beneficente do Centro de Umbanda Místico Oxum-Apará.

Cláudio Silva participou da Feijoada Beneficente do Centro de Umbanda Místico Oxum-Apará.

O candidato à Prefeitura de Salvador, Cláudio Silva (PP), participou neste final de semana da Feijoada Beneficente do Centro de Umbanda Místico Oxum-Apará (Cumoa), em Piatã. Na ocasião, o progressista conversou com organizadores do evento e membros do Centro, e apresentou algumas de suas propostas de governo.

A chegada de Cláudio Silva foi anunciada ao microfone pela presidente do Cumoa, Taiane Macedo, que desejou ao candidato um caminho de paz, axé e prosperidade na campanha eleitoral. Aplaudido, o líder da chapa “Pense Diferente” interagiu com o público e ouviu questões apresentadas pelos integrantes do Centro.

Atento às necessidades citadas pela presidente do Cumoa, Taiane Macedo, o pepista colocou o seu ponto de vista sobre a importância dos centros religiosos na cidade e suas propostas a serem colocadas em prática, caso assuma a Prefeitura de Salvador.

“Eu sou católico, mas não é porque sou de uma religião que vou deixar de fazer projetos que ajudem a manter e melhorar o funcionamento de centros de outras vertentes. Na minha trajetória, sempre tive respeito por todas as religiões e na luta ao lado dos centros religiosos de Salvador”, afirmou Cláudio Silva.

Para o candidato, que defende que Salvador merece mais benefícios, é necessário pensar diferente sobre os centros religiosos da capital baiana já que, ao longo dos últimos anos, é observada a marginalização deles. “É preciso entender que religião é uma opção dada a cada pessoa e que isso não deve ser motivo de preconceito. Quando vemos a realização de eventos beneficentes como esse, percebemos que o poder público precisa estar mais perto dessas questões, pois os centros estão funcionando para preencher as lacunas ocorridas nas áreas sociais. Penso que é necessário entender melhor o propósito dessas instituições, acabar com o preconceito religioso e apoiar as pessoas que querem fazer o bem à sociedade”, defende o progressista.

Ao final da Feijoada Beneficente, um dos organizadores do evento, o empresário Antônio Ramalho, de 53 anos, lembrou que o progressista foi seu professor. “Tive aulas com Cláudio Silva na Faculdade Baiana de Ciências (Fabac), no curso de administração. Ele era um professor sério, centrado, justo e equilibrado. É uma boa indicação ao cargo de prefeito, portanto vou analisar as propostas dele para Salvador”, garante.

Outras publicações

ALBA aprova Prêmio por Desempenho Policial. Para o deputado Zé Neto, o projeto vai ajudar na qualificação dos policiais A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou, na noite desta terça-feira (13/12/2011), o Projeto de Lei nº 19.606/2011 que institui o Sistema de D...
PEPSI inicia programação da Semana do Meio Ambiente no Parque da Cidade, em Salvador Pepsi inicia campanha para conscientizar a população sobre reciclagem e mostrar o valor que as garrafas vazias de PET têm. A PEPSI®, marca da PepsiC...
Premiação valoriza servidores estaduais de destaque na Bahia Premiação valoriza servidores estaduais. Voluntariado, inovação no serviço público e talento artístico. A entrega de prêmios do Dia Você Servidor ma...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br