Devido a estiagem, Prefeitura de Feira de Santana decreta situação de emergência

A Prefeitura de Feira de Santana decretou estado de emergência nas áreas da zona rural afetadas pela estiagem. A medida baseou-se no parecer elaborado pela Defesa Civil do município, que relata a ocorrência da estiagem.

A medida, diz o secretário de Agricultura, Joedilson Machado, tem como objetivo minimizar as perdas registradas nas propriedades rurais, bem como viabilizar recursos financeiros nas esferas de governos estadual e federal.

O decreto foi publicado nesta sexta-feira (05/08/2016), no Diário Oficial Eletrônico do Município de Feira de Santana.

Outro ponto é a necessidade de reforçar o abastecimento, por carros-pipa, os mais de dois mil tanques comunitários existentes na zona rural e que correm o risco apresentarem problemas estruturais, como fendas laterais, casos mesmos fiquem vazios durante muito tempo.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com base no Censo de 2010, mais de 46 mil pessoas moram no seis distritos de Feira de Santana – Maria Quitéria, Bonfim de Feira, Jaguara, Governador João Durval Carneiro, Tiquaruçu, Matinha, Jaíba e Humildes.

É a maior população rural do estado, ainda de acordo com o IBGE. São 7,8 mil famílias que praticam a agricultura familiar e que geram 44% da produção agropecuária do município. A área das propriedades não passa de cinco tarefas.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br