Feira de Santana: vereador parabeniza movimento “Basta”, que protesta contra morte de policiais

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito): Quero parabenizar a familiar de um policial de Salvador, que está visitando todo o estado com o movimento de repúdio pela morte de policiais militares, civis, guardas municipais.

José da Costa Correia Filho (Correia Zezito): Quero parabenizar a familiar de um policial de Salvador, que está visitando todo o estado com o movimento de repúdio pela morte de policiais militares, civis, guardas municipais.

Durante discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta segunda-feira (22/08/2016), o vereador Correia Zezito (PSL) parabenizou policiais e parentes de policiais que estão participando do movimento “Basta”, na avenida Presidente Dutra, contra a violência que prepostos da segurança pública têm sofrido.

“Quero parabenizar a familiar de um policial de Salvador, que está visitando todo o estado com o movimento de repúdio pela morte de policiais militares, civis, guardas municipais, pelas pessoas que estão morrendo na linha de combate”, afirmou.

Correia, que também é policial militar, informou que vai ao local da manifestação cumprimentar os responsáveis pelo movimento. “Não sei nem o nome dos membros dessa família, estão na avenida Presidente Dutra, em frente à Jacuípe. Mais tarde, vou passar para dar um abraço e dizer que esta Casa pode ser usada para discursar e mostrar seu repúdio contra morte de policiais”, disse.

Na oportunidade, o edil lamentou ainda a violência no município. “Deixo meu repúdio para a violência, a chacina que aconteceu na Portelinha, mesmo que sejam marginais, vamos acabar essa guerra de gangues, vamos parar a violência, fazer uma oração pela nossa cidade”, declarou.

Fluminense de Feira

Mudando o foco do discurso, o vereador voltou a criticar a diretoria do Fluminense de Feira, por conta da cobrança de taxas para ambulantes venderem seus produtos no Joia da Princesa, em dias de jogos do referido time.

“Quero parabenizar o Fluminense de Feira por ter se classificado, mas vou deixar meu protesto: é preciso deixar de cobrar R$50,00, sendo R$ 20,00 do ingresso e R$30,00 para ter permissão de vender no Joia. Se isso continuar, eu vou fazer campanha para ninguém ir para o Joia. Não posso admitir que isso venha acontecer no Joia da Princesa”, disse.

Correia afirmou que teve informações de que a cobrança é de iniciativa do Fluminense de Feira, e não por parte do poder público municipal.  “Segundo o prefeito, quem está cobrando é o Fluminense, não o Município. Gerinaldo Costa, acho que você é um cara competente, mas precisa rever isso”, declarou o edil, pedindo também o apoio do dirigente Zé Chico para que não haja mais cobrança de taxa extra aos ambulantes que atuam no estádio supracitado. “Zé Chico sente com Gerinaldo, são pais de família que precisam se manter. Até quando vou estar aqui falando?”, indagou.

Outras publicações

Evento em Feira de Santana traz renomado crítico de vinhos A Fator Realty e a Central Imobiliária estão trazendo para Feira de Santana o renomado  Crítico de Vinhos André Freirede Carvalho para um jantar Eno...
Vereadora defende gestão do secretário de Transporte e Trânsito de Feira de Santana Vereadora Aldney Bastos Marques (Neinha) sai em defesa do secretário Ebenezer Tuy. Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta segu...
Nota de esclarecimento do MOC (Movimento de organização comunitária). Sobre a resportagem publicada ontem (03/08) no jornal A Tarde Jornal A Tarde publica matéria sobre a licitude de convenios celebrados entre o MOC e Governos do Estado. MOC emite nota oficial. A edição de A TARDE...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br