Salvador: atiradores de elite do Bope observaram movimentação dos Jogos Olímpicos Rio 2016

Atiradores de elite do Bope monitoram jogo.

Atiradores de elite do Bope monitoram jogo.

Em locais distintos da Arena Fonte Nova, uma dupla composta por um sniper (atirador especial) e um spotter (observador) se ajeita entre os bancos e observa a movimentação das pessoas durante as partidas de futebol olímpico. O objetivo dos militares, que atuaram nas dez partidas realizadas em Salvador, foi acompanhar qualquer tipo de comportamento diferente, passar essas informações para as equipes de pronta resposta espalhadas pelo estádio e, em último caso, sob ordem superior, disparar contra um possível agressor.

Alta concentração, facilidade com cálculo e excelente desempenho nas atividades de tiro de precisão são as características dos snipers do Batalhão de Operações Policiais Especias da PM. Os militares que se destacam nessa especialidade durante os cursos de formação para virar “caveira” são encaminhados para capacitação nessa área. Na Arena Fonte Nova o atirador policial estava equipado com um fuzil hk psg, calibre 762, que tem o alcance de 600 metros com precisão e um telemetro (ferramenta semelhante a um binóculo) que informa a distância para o alvo.

Já o observador utilizou uma luneta de espotagem, que tem o alcance de 600 metros. Ele vasculhou todos os cantos do estádio. Outras duas duplas de atirador e observador ficaram posicionadas no Departamento de Polícia Técnica (DPT), localizado na Avenida Centenário e no Grupamento Aéreo da PM, no Aeroporto Internacional de Salvador. Semanalmente os snipers e os spotters do Bope realizam dois treinos de tiros de precisão e de caçador (os militares atiram enquanto se movimentam).

“Estamos aqui preparados para atender as demandas que fogem do convencional. No efetivo do Bope procuramos ter militares com especialidades diversas, inclusive o de atirador especial. Estamos com a meta, ainda neste ano, de promover um curso de atirador policial de precisão e algumas pendências burocráticas estão sendo agilizadas para que isso ocorra”, informou o comandante do Bope, tenente-coronel Paulo Coutinho.

Outras publicações

Governo da Bahia e comunidade LGBT se unem para construir políticas públicas Governador Rui Costa e comunidade LGBT reúnem se para discutir ações nas áreas de saúde, segurança e justiça social. O Conselho Estadual LGBT e repr...
Deputado Carlos Geilson critica medida de pedagiar a Via Expressa de Lauro de Freitas Carlos Geilson: “Quem mais combateu as privatizações nesse país do que o Partido dos Trabalhadores? Quem mais reclamou de ações como essas no governo...
Conselho Estadual de Saúde da Bahia debate criação dos Núcleos Regionais e extinção das Dires Secretário estadual Fábio Vilas-Boas debate mudanças na estrutura da Sesab. A criação de nove Núcleos Regionais de Saúde (NRS) em substituição as 31...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br