Artesanato, exposições de arte, música e poesia na programação do Mercado de Arte Popular de Feira de Santana

Exposições, música e poesia marcam dia do folclore no MAP.

Exposições, música e poesia marcam dia do folclore no MAP.

Teve início nesta segunda-feira, (22/08/2016), a Semana do Folclore no Mercado de Arte Popular. O evento tem como objetivo apresentar à comunidade um olhar de destaque sobre o tema principal do próprio mercado: a arte e cultura popular. E elas ganharão visibilidade de vários modos. Apresentações musicais e músico-literárias, exposição de quadros, recitação de poemas, etc. O evento segue, com intervalos nos dias 23 e 26, até o próximo domingo, 28.

Na parte da tarde, houve a apresentação do Projeto Fotográfico “Pessoas simples são a riqueza do meu lugar”, de autoria do estudante de psicologia, escritor e fotógrafo, Marcelo Vinicius. O ensaio mostra a beleza que há nos gestos mais simples de pessoas de um lugar também tão comum, que é a feira livre, mas também pretende chamar atenção para um contraste social que é evidenciado ali e acaba passando despercebido.

A professora da Escola Ativa Montessoriana, Izabel Pires, afirma que o projeto contribui para a quebra do senso comum. “Ele faz isso ao expor o que a gente não repara na sociedade: que, por conta de tantos trabalhos e ocupações, as pessoas não param mais pra refletir sobre a vida. Sobre olhar no olho do outro. Ele desmistifica a questão de viver a realidade como ela é”, completa.

Sarah Moura estuda na mesma escola, esta que levou alunos do Ensino Fundamental II para exporem quadros de sua autoria com os temas “A vida do homem do campo” e o “Folclore Baiano”. Ela afirma que esta é uma oportunidade importante que permite aos alunos apresentarem o que aprendem em sala de aula e também será capaz de incentivar as pessoas a darem o devido valor à vida do homem do campo. Quadros temáticos com vários personagens como o Saci Pererê, o Curupira e Vitória Régia e manifestações folclóricas como a Capoeira, foram apresentados por eles.

O Presidente da Associação dos Artesãos do Mercado de Arte Popular (ArtMap), Ronildo Carlos, afirma que o Folclore, seus costumes e tradições são o que melhor representam a arte e cultura popular. “Este ano não terá a Caminhada do Folclore em Feira, mas nós já tínhamos planejado fazer a Semana do Folclore por que isso deixa o povo simples, humilde e feliz por estarem cultivando e resgatando as suas tradições e nós entendemos que é esse mesmo o papel do MAP”.

Grupo da Caboronga apresenta bata do feijão no MAP

A poeira subiu e se espalhou na área próxima ao palco do Mercado de Arte Popular, nesta segunda-feira (22/08/2016). No entreposto turístico foi realizada pela primeira vez uma das mais tradicionais manifestações da cultura da zona rural: a bata do feijão.

Agricultoras da Caboronga, povoado de Bonfim de Feira, participaram da atividade, como primeira programação da Semana do Folclore do MAP. E soltaram a voz em cantigas simples, que mostram a lida nas lavouras e atividades outras ligadas ao campo.

A bata do feijão é um momento dos agricultores celebrar, comemorar e agradecer pela boa colheita. Para tanto, reúnem familiares e vizinhos no terreiro da casa, e, com varas batem nas vagens secas até que os caroços caiam no chão.

O feijão foi trazido do povoado de Carro Quebrado, em Maria Quitéria. Depois da bata, foi cessado – que é a retirada das pequenas partículas usando uma peneira, e colocado num saco.

A bata do feijão foi assistida por muitas pessoas, inclusive algumas crianças disseram que nunca tinham visto a manifestação. “É uma tradição na roça mas que a grande maioria de quem vive na cidade desconhece”, disse a dona de casa Perolina da Conceição. “Daí a importância de uma apresentação como esta”.

As canções foram acompanhadas por um grupo de forrozeiros, também da Caboronga. De acordo com o sanfoneiro Rufino, o pé-de-bode que usou na apresentação teria mais de cem anos. “Mais de quarenta tem na minha mão”.

Nesta manhã ainda se apresentaram outros grupos, como de samba de roda e de reisado, da Caboronga. Exceto na terça e sexta-feira, todos os dias da semana acontecerão atividades no MAP.

Cantiga da Bata do Feijão

“Bata do feijão

É pequena mas é boa

Vamos Mariquinha

Embarcar na canoa”

Brega, reggae e samba marcaram o sábado no MAP

A programação musical no sábado, no MAP (Mercado de Arte Popular), foi diversificada. Da música brega ao samba. E agradou aos presentes. O som rolou até o final da tarde, em mais um edição do “Projeto Música no MAP”.

Cover de Reginaldo Rossi, o cantor Rudi Rossi transformou o palco em o “Boteco do Rossi”, para gravar o seu primeiro DVD, que contou com grande participação popular.

“Reginaldo Rossi sempre será lembrado por todos por ser uma grande figura e um cantor excepcional”, afirmou Rudi Rossi, que ainda não sabe quando o DVD será lançado, “em grande festa”.

Em seguida, o palco foi transformado na casa do reggae KBLoDuro, que colocou a todos os presentes para se divertir ao som nascido na Jamaica, que também é muito popular em terras baianas.

Para fechar a tarde musical, entrou em cena a banda Nobre Desejo, com o seu partido alto que não permitiu que os presentes saíssem antes de várias saideiras. “O MAP está vivo, com muitas pessoas e alegria”, afirmou José Norberto dos Santos.

Outras publicações

A segunda etapa do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida em Feira de Santana vai focar como alvo principal a sustentabilidade A segunda etapa do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida vai focar como alvo principal a sustentabilidade. Aspectos como moradia e necessidades...
Salvador: aberta exposição ‘Tela Viva – Impressões do Graffiti em Corpos Urbanos’ Exposição "Tela Viva 2”, de Marcos Costa, foi aberta com performance de alunos da Escola de Dança da Funceb. Mostra integra projeto DançaEmMovimento....
Natal Encantado 2013 | Projeto cultural resgata a magia das festas natalinas em Feira de Santana Convite Natal Encantado 2013. Dezembro é mês de festa. E este ano Feira de Santana vai se cobrir de cores, luzes e som para festejar o Natal, data c...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br