Alfabetizandos do TOPA comemoram dia do folclore com projeto sobre identidade e cultura popular

Alfabetizandos do TOPA comemoram dia do folclore.

Alfabetizandos do TOPA comemoram dia do folclore.

Os alfabetizandos do programa Todos pela Alfabetização (TOPA) estão desenvolvendo uma série de atividades durante a semana para marcar o Dia do Folclore, celebrado nesta segunda-feira (22/08/2016). A partir de conteúdos trabalhados em sala de aula, os alfabetizandos abordam aspectos da identidade e da cultura dos locais onde vivem, por meio de exposição de trabalhos artesanais, apresentação de contos e cantigas populares, samba de roda, toadas e aboios.

As atividades, que acontecem nesta segunda (22), na sexta (26) e no sábado (27), nos distritos de Tiquaruçu, Bonfim de Feira e Matinha, em Feira de Santana. A iniciativa faz parte do projeto “Folclore com os estudantes do TOPA’. A proposta, explica a supervisora regional do TOPA em Feira de Santana, Roseana Nilo, “é garantir aos jovens, adultos e idosos alfabetizandos do TOPA as condições para a sua inclusão social, política, econômica e cultural, através da apropriação da leitura e da escrita”.

Personagens folclóricos, ditos populares, comidas típicas e artesanato foram alguns dos temas abordados nas atividades pedagógicas e, agora, estão sendo socializados pelos alfabetizandos do NRE de Feira de Santana. O envolvimento no projeto para quem não teve a oportunidade de estar em sala de aula na idade regular é uma oportunidade de aumentar a autoestima e ganhar conhecimentos. É o que atesta o lavrador Anaelson Lopes, 45 anos: “O TOPA mudou a minha vida. Já posso pegar um ônibus sem precisar da ajuda para ler os letreiros e fazer um bilhete, por exemplo. E, com este projeto de folclore, aprendi muitas coisas sobre a minha terra, como fazer panela de barro e artesanato de flores de papel”, conta.

A vendedora de frutas, dona Etinete das Mercês, 65 anos, também aluna do TOPA, no distrito de Tiquaruçu, em Feira de Santana, conta que o programa deu a ela mais autonomia no seu dia a dia. Para ela, o projeto sobre o folclore regional permitiu que passasse a dar mais valor à cultura local. “Hoje, além de escrever e ler, já sei passar troco e a pegar ônibus sem precisar ficar perguntando qual é a linha. Para melhorar, veio este projeto maravilhoso, que nos trouxe muitas alegrias por reconhecer que somos um povo cheio de cultura”, disse a alfabetizanda.

Dona Etinete participará junto com os colegas da manifestação ‘Bata do Feijão’. Pela tradição folclórica, trata-se de uma dança que reúne homens e mulheres na colheita do feijão na zona rural de Feira de Santana, quando entoam cânticos, chamados de ‘Cantoria de Boi de Roça’, em torno da produção.

A professora alfabetizadora do TOPA, Ionara de Cerqueira, explica que cada turma ficou com uma temática, que foi discutida em sala de aula. “Trata-se de um trabalho muito importante de resgate e valorização da cultura regional, na qual os alfabetizandos estão inserios”, destaca. A coordenadora do TOPA e membro da Associação Comunitária Dr. Theódulo Bastos de Carvalho, no distrito de Bonfim de Feira, Edilene Santos, completa que o trabalho iniciado em sala de aula contará, também com um sarau, que teve como suporte o livro da coleção Viver e Aprender, fornecido pelo TOPA. “O ambiente escolar é um espaço propício para divulgar a arte e a cultura. Por isso, optamos por fazer um sarau, no qual teremos exposição de trabalhos artesanais e apresentação de cantigas populares, samba de roda, toadas e aboios”.

O Topa

O Programa Todos pela Alfabetização é desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado, desde 2007, em parceria com o Governo Federal, e já possibilitou que mais de 1,4 milhão de jovens acima de 15 anos, adultos e idosos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular fossem alfabetizados. Ao assegurar a alfabetização, o Topa também promove resgate da cidadania para jovens, adultos e idosos.

Outras publicações

Conselho Estadual de Juventude da Bahia convoca eleições para representantes da sociedade civil Conselho Estadual de Juventude da Bahia abre inscrição para candidatos. Em cumprimento à Lei nº 13.452, de 06 de novembro de 2015, que criou o Conse...
Embaixador do Canadá Jamal Khokhar ressalta importância de parceria durante visita à Secti Bahia O embaixador do Canadá no Brasil, Jamal Khokhar, acompanhado pelo delegado comercial da Embaixada, Márcio Francesquine, visitou o secretário de Ciênc...
Deputado Carlos Gaban critica: “Despreparado, o ex-secretário Carlos Martins não tinha a mínima condição de assumir a secretaria da fazenda do governo da Bahia” Carlos Gaban: “O governador preferiu assumir o compromisso com a classe política adesista e esqueceu-se de tratar da saúde, da educação, da segurança...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br