Salvador: Centro de educação Pestalozzi transforma vida de pessoas com deficiência

Centro de educação transforma vida de pessoas com deficiência.

Centro de educação transforma vida de pessoas com deficiência.

“Eu não aceitava o autismo do meu filho, mas já estou aqui [no centro de atendimento] há um ano e meio. Depois que ele entrou aqui, mudou 100%”, afirma Tatiana Guedes, mãe de Samuel, de cinco anos. O garoto recebe todo o acompanhamento necessário para o desenvolvimento cognitivo no Centro de Atendimento Educacional Especializado Pestalozzi da Bahia, localizado na Avenida Adhemar de Barros, no bairro da Ondina, em Salvador.

O centro oferece serviços educacionais e psicopedagógicos a pessoas com deficiências físicas ou mentais, por meio da educação especial. Para o professor Silvio Cabral, as atividades educativas proporcionam transformação para pessoas com necessidades especiais. “Você vê um menino que eventualmente chega aqui sendo agressivo e com dificuldade de [manter] interações sociais. E, de repente, você consegue fazer com que ele passe a compreender comandos, se alimentar, ter o mínimo de autonomia. Isso é muito bonito”, afirma o educador em mais um vídeo da série ‘Educar para Transformar’, produzida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom).

O centro tem parceria com universidades e profissionais autônomos, como fonoaudiólogos, nutricionistas e psicólogos. Juntos, eles atendem as crianças e os pais, lutando contra o preconceito. “Parte do que a sociedade vê é mito, é preconceito. [O autismo] é uma limitação como todo ser humano tem”, pontua Ana Paula Nogueira, mãe de Mariana, uma das alunas atendidas na unidade.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br