Professores da UESB aprovam indicativo de greve geral dos servidores; paralisação é programada para 20 de julho de 2016

Professores da UESB aprovam indicativo de greve geral.

Professores da UESB aprovam indicativo de greve geral.

Em assembleia realizada no dia (08/07/2016), no campus de Vitória da Conquista, os professores e as professoras da UESB avaliaram que é preciso endurecer com o governo e dar um basta à retirada de direitos trabalhistas e na redução dos recursos destinados às Universidades. Rui Costa afirma não ter recursos para efetuar o pagamento do reajuste linear, mas os dados do próprio governo mostram a disponibilidade financeira para isso.

Os docentes definiram que não aceitarão o confisco salarial de 10,67%, o PLP 257/16 e a PEC 241/16. Para o fortalecimento da luta, a unidade com os demais servidores públicos é essencial. Tendo em vista a articulação realizada pelo Fórum das ADs com os sindicatos da base da Federação dos Trabalhadores Públicos da Bahia, o indicativo de greve geral foi aprovado por unanimidade. Além disso, a categoria suspenderá suas atividades no dia 20 de julho para participação em ato público em Salvador.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br