Polícia confirma nove mortes em tiroteio em shopping de Munique

Pessoas deixam shopping em Munique, na Alemanha, após tiroteio no local.

Pessoas deixam shopping em Munique, na Alemanha, após tiroteio no local.

O número de mortes em um shopping de Munique, na Alemanha, durante um tiroteio nesta tarde subiu para nove, segundo a polícia. Os agentes verificam se um dos corpos encontrados é de um dos atiradores.

As autoridades policiais locais disponibilizaram um telefone de uma central de informações (0800 7766350) e pedem que os cidadãos evitem áreas públicas, devido a relatos de violência e possíveis tiroteios ainda não confirmados no centro da cidade.

A rede social Facebook liberou o check in de segurança para Munique. Os usuários devem clicar no botão “Estou seguro” para que seus amigos e parentes saibam que eles não correm riscos.

O Ministério das Relações Exteriores divulgou números de telefone para os brasileiros que precisarem de ajuda em Munique, na Alemanha. De acordo com o Itamaraty, os telefones para comunicar emergência consular são: +55 61 98197-2284 para falar com diplomatas no Brasil, e +49 17 3378-3470, caso a ligação seja direcionada à Alemanha. Até as 15h40, o Itamaraty não tinha conhecimento de nenhum brasileiro entre as vítimas do ataque. No Twitter, o Itamaraty informou que o Consulado brasileiro em Munique acompanha os acontecimentos.

Segundo as autoridades de Munique, há muitos policiais nas ruas à procura dos possíveis suspeitos que fugiram do local após matarem as vítimas. Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra que o tiroteio começou em frente a uma unidade do McDonald’s. Dezenas de tiros foram ouvidos.

Testemunhas contaram à polícia de Munique que “ao menos três homens armados” invadiram o Shopping OEZ antes do tiroteio. Segundo as autoridades locais, há uma busca por supostos foragidos.

“Perante a confusa situação, nós pedimos às pessoas na área metropolitana para ficar em casa e quem estiver próximo a prédios busque proteção ali”, diz em nota a polícia. Para evitar mais problemas, o transporte público foi suspenso e estações do metrô foram evacuadas e fechadas.

Ataque em Munique foi cometido por um único atirador

A polícia de Munique acredita que o ataque cometido nesta sexta-feira em um centro comercial da cidade alemã teve um único autor, que este se suicidou, informaram fontes de segurança locais no Twitter. Segundo a polícia, o atirador seria um alemão de origem iraniana, de 18 anos, morador de Munique. As causas do ataque permanecem desconhecidas.

O total de mortes subiu para dez, incluindo a do atirador, cujo corpo foi encontrado a cerca de 1 km do local do ataque. Além disso, a polícia de Munique informou que retirou o estado de alerta na cidade desde o tiroteio, restabelecendo também o funcionamento do transporte público.

Angela Merkel convoca Conselho de Segurança após ataque em Munique

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, convocou para este sábado (23), em Berlim, uma reunião do Conselho Federal de Segurança para tratar do ataque desta sexta-feira (22) na cidade de Munique, segundo declarou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert.

“Os ministros convocados estão a caminho de Berlim e nós vamos analisar a situação no quadro do Conselho Federal de Segurança”, disse Seibert.

De acordo com o ministro de Assuntos Especiais, Peter Altmaier, Merkel está sendo informada sobre os desdobramentos em Munique a todo momento. Acrescentou que o governo já enviou membros da força de elite contraterrorismo para a cidade.

“Tudo o que sabemos e podemos dizer agora é que foi um ataque cruel e desumano”, afirmou Altmaier. “Não podemos descartar que haja ligações terroristas. Não podemos confirmar, mas estamos investigando essas linhas também.”

Altmaier informou que inúmeros atentados foram evitados na Alemanha nos últimos anos, mas destacou que “nunca poderá haver segurança absoluta”.

Pelo menos nove pessoas morreram nos tiroteios de hoje em Munique. Conforme fontes locais, um dos corpos encontrados poderia ser de um dos atiradores. Autoridades confirmam ao menos dez feridos nos ataques.

Outras publicações

EUA investigam a Igreja Universal do Reino de Deus por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e tem como alvo o bispo Edir Macedo A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) está sendo investigada nos EUA sob a suspeita de ter praticado os crimes de lavagem de dinheiro e formação ...
O Alto Tribunal decidirá hoje sobre processo contra acordo militar Colômbia x EUA A Corte Constitucional da Colômbia deve decidir hoje sobre o processo de inconstitucionalidade apresentado contra o acordo militar assinado com os Est...
Povos indígenas vivem em condições alarmantes, afirma ONU Primeiro relatório global sobre o tema mostra que a população indígena é de cerca de 370 milhões de pessoas, o equivalente a 5% do total mundial, e co...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br