Joilton Freitas – Discurso aos formandos do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda da UNEF

Joilton Freitas discursa como paraninfo da turma 2016.1 do curso de Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda da UNEF.

Joilton Freitas discursa como paraninfo da turma 2016.1 do curso de Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda da UNEF.

Formandos do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda da UNEF.

Formandos do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda da UNEF.

O jornalista  Joilton Antônio Freitas Mattos, âncora do programa Rotativo News e candidato a vereador pelo PPS de Feira de Santana, foi convidado como paraninfo da turma 2016.1 do curso de Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda da Unidade de Ensino Superior (UNEF). Aos formandos, Joilton Freitas apresentou uma mensagem, na forma de discurso, durante solenidade de colação de grau, ocorrida em 23 de julho de 2016, no Olimpo Eventos, em Feira de Santana.

Confira o teor do discurso de Joilton Freitas

Inicialmente, quero saudar o diretor da Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana – UNEF, professor Me. Getúlio Bomfim, e na sua pessoa saudar todas as demais autoridades nominadas pelo protocolo. Saúdo também, de maneira especial, os estudantes que ora se formam e seus familiares, bem como os professores da Faculdade de Comunicação Social, seus funcionários administrativos, além dos demais presentes a esta cerimônia. Boa noite Srs. Membros da Mesa, homenageados, amigos e familiares que vieram esta noite testemunhar o início de um novo ciclo na vida desses jovens.

Senhores, senhoras, caros alunos.

A todos meu boa noite!

Quero saudar  e parabenizar a UNEF, uma instituição que tem contribuído com a cidade e a sociedade, formando profissionais de qualidade para o mercado. E assim, elevando o nível de qualidade para a nossa Feira de Santana.

Mas eu quero dizer que hoje é um dia glorioso para as formandas e formandos do curso de comunicação com ênfase em Publicidade e  Propaganda.

É um dia glorioso para os pais e amigos que aqui estão.  Eu ouso a dizer que é um dia que não vão jamais esquecer, todos que direta ou indiretamente contribuíram para formação destes jovens. Quero dizer a você formanda, formando que a responsabilidade de vocês é muito grande.

Hoje você faz parte de uma elite pensante. Nesse país tão desigual, nesse país onde a conclusão de um curso superior é para poucos, vocês fizeram a diferença. Lutaram contra as adversidades. Lutaram contra o sono. Outros tantos tiveram que encontrar forças para assistir as aulas. Quantas vezes  brigaram contra a mente.

Mas gratas formandas e formandos eu tenho que alertar neste momento de festa, comemorações e mentes esfuziantes: a responsabilidade agora bate a porta de vocês. O  mercado é difícil e concorrido. Em momento algum você poderá parar de continuar a se aperfeiçoar. Em momento algum poderá parar de buscar conhecimento em sua ação e de uma maneira geral.

A disciplina, a continuação dos estudos e a ética devem nortear o caminho de vocês para se manterem com mente aberta e corações límpidos. Quando a ética é deixada de lado toda a sociedade sofre e paga o alto preço, por vezes, insuportável. A história está aí para provar.

Que se acorda em um mundo onde tudo acontece em uma velocidade incrível. Corre  o risco de ficar para trás. A vida no momento não será fácil e quem disse que será fácil?

A partir de agora tudo muda.  É o dia a dia que dará o material suficiente para que vocês possam desenvolver o trabalho crítico e de informar.

Lembram-se sobre a responsabilidade que eu chamei atenção anteriormente? Por quê? A partir desse momento. Tudo o que fizerem será visto diferente.

Como disse o Abade, personagem do livro O nome da Rosa, de Umberto Eco: infeliz é o homem que adquire conhecimento. Eco, grande escritor e um formidável linguista. Sabia o que dizia. Quando você adquire conhecimento, você conhece as razões científicas das coisas. E quando isso acontece você sofre mais. A  capacidade de analisar os fatos é muito maior.

Onde está o sofrimento? Exatamente aí. No conhecimento.

Vocês poderiam me perguntar: é só isso que nos resta? Não! Mais uma vez eu vos digo: vocês fazem parte de uma elite pensante e está condição dará a vocês ser um livre pensador e pensadores.

Acredito que, como eu, todos aqui presentes e, mesmo algumas pessoas que por motivos diversos, não puderam estar aqui, que a vida é feita de ritos de passagem, momentos capazes de verdadeiramente marcar, por seu simbolismo, de etapas que encerramos e servem como ponta pé inicial para novas oportunidades que se abrem. Quando falamos das possibilidades que surgem ou nos são ofertadas pelo futuro e pelo mundo, é natural que sintamos medo.

Também nem sempre eles possuem pompa deste momento que ora experimentam. É inegável que o ser humano que subirá os degraus após fazê-lo, seguirá diferente. É por isso que vocês não podem se prenderem a ideologias e dogmas. Quando isso acontece tornar-se-ão prisioneiros. E o sofrimento virá de uma maneira terrível.

Sugiro a vocês que abracem a  profissão como são: seres livres, cônscios que podem optar pelo caminho da desonestidade ou comprometer-se com a melhoria do mundo através do seu trabalho. Mas, tenham em mente que sim, é possível oferecer um ambiente moralmente mais harmônico, humanamente menos preconceituoso, visualmente mais saudável, ambientalmente mais sustentável e socialmente mais justo àquelas pessoas que recebem quotidianamente as mensagens pelas quais vocês serão responsáveis Está em suas mãos.

Quando adentraram a academia, vocês fizeram a opção pela ciência. E isto é um parto ou uma gestação? Agora é o momento do nascimento. E se nasce para uma nova vida. Serão responsáveis por vocês e pelos outros. Esse é o custo. Essa é a glória!

Vocês serão elos entre o público, o privado e o povo. Daqui, da condição honrosa de Paraninfo – convite pelo qual sou muito grato – vejo neste momento rostos esperançosos e confiantes. Façam um favor a vocês e ao país, mantenham-se assim!

Façam o certo e sejam felizes! E que Deus esteja sempre com vocês e os seus! Obrigado.

Joilton Antônio Freitas Mattos,

Feira de Santana, 23 de julho de 2016.

Outras publicações

Vereador Beldes Ramos volta a criticar obras do BRT de Feira de Santana Beldes Luis Pereira Ramos: “o líder não sabe mais o que fazer, em três anos a cidade está um lixo só. Eu nunca falei que sou contra o BRT, mas sim co...
Campanha de desarmamento em Feira já recolheu 42 armas. Leia esta e outras matérias da PMFS A campanha de desarmamento realizada em Feira de Santana já recolheu 42 armas de fogo somente no bairro George Américo. Computando somente os dias úte...
Legislativo feirense está com as finanças em dia, mas poderá haver mais cortes de gastos Com as finanças em dia, mas com muita cautela. É assim que a Câmara Municipal de Feira de Santana chega ao segundo semestre de 2010, depois de um perí...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br