Vereador diz que “houve um grande estelionato em Feira de Santana quando colocaram outdoor na cidade anunciando a construção do Shopping Boulevard no Papagaio”

Vereador David Neto: quem é que vai pagar o prejuízo das pessoas que investiram naquele bairro, porque queriam morar perto do shopping.

Vereador David Neto: quem é que vai pagar o prejuízo das pessoas que investiram naquele bairro, porque queriam morar perto do shopping.

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (27/06/2016), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador David Neto (DEM) repercutiu o pronunciamento do colega Edvaldo Lima (PP) sobre os homossexuais e tratou sobre os terrenos vendidos no bairro Papagaio, com o anúncio da construção do Shopping Boulevard naquela localidade.

“Edvaldo subiu aqui na tribuna e criticou os gays. Não sei por que esse desgaste com eles. Lembro-me que fui taxado de homofóbico quando disse que algumas pessoas querem que todos os gays se vistam como mulheres. Mas, os gays devem ser respeitados e devem se vestirem como quiserem, e a igreja tem que trabalhar para recuperar essas pessoas, pois só existem dois sexos. Se está existindo o terceiro, foi com autorização de Deus”, disse o democrata, que lembrou ainda do caso de um casal gay que é pastor. David passou a palavra para que o colega Edvaldo Lima (PP) explicasse o fato.

Em resposta, o pepista justificou que Deus criou o macho e a fêmea e que a Bíblia deixa claro de que Deus criou o homem e a mulher para crescer e procriar, o que não pode acontecer com um casal gay. “Todos são filhos de Deus, mas temos que saber até onde Deus permite. Coloque dois homens ou duas mulheres numa ilha para ver se eles têm como procriar. Em relação aos dois pastores, digo que o diabo também dizia ser pastor. Ele vem com sapatos de algodão para não fazer barulho. Eles dizem que são pastores, mas não são nada mais que desobedientes ao Deus que os criou. Eles precisam conhecer o verdadeiro Deus, que a humanidade crer e confia”, argumentou.

De volta com a palavra, David Neto disse que é para cada um olhar para dentro de sua casa, antes de tecer críticas aos homossexuais.  “Aqui mesmo deve ter alguém dentro do armário, ou que já saiu e já voltou para o armário. Muitas vezes, dentro da igreja há pessoas incubadas e a igreja tem que buscar recuperar essas pessoas. Nós temos que aprender a conviver e respeitar essas pessoas”, pontuou.

Em aparte, o vereador Eli Ribeiro (PRB) disse que o colega David Neto não entendeu o pronunciamento de Edvaldo Lima. “Ele falou sobre o projeto que Jean Wyllys colocou na Câmara dos Deputados. Eu sou bem tranquilo para falar sobre este assunto, porque lá na Igreja Universal recebemos todas as pessoas e temos muitas que foram recuperadas e, hoje, são abençoadas. Mas, Vossa Excelência me deixou encucado quando disse que nesta Casa tem gente no armário”.

Novamente com o uso da palavra, Edvaldo Lima afirmou que os evangélicos trabalham em prol da recuperação de pessoas com comportamentos diferentes. “Lá temos jovens que tinham esse comportamento, mas através da palavra e orações, hoje são pais de família. Tiramos muitas pessoas do fumo, das drogas e homossexualismo. Basta a pessoa querer se recuperar”, avaliou.

Retomando o discurso, David pediu que os colegas voltassem as discussões para os problemas da cidade. “Jean ganhou o BBB, se reelegeu deputado federal, então deixa fazer a baixaria dele e quem tem que criticar é a Câmara Federal, vamos discutir os problemas de Feira de Santana”, sugeriu.

Na sequência, o edil Tonhe Branco (PHS) também deixou sua contribuição sobre o assunto. “Sendo homem ou mulher a pessoa faz da sua vida o que quiser”, disse.

Terrenos

Ainda no uso da tribuna, o vereador David Neto (DEM) repercutiu a questão dos terrenos vendidos no bairro Papagaio, em virtude da possível construção do Shopping Boulevard, abordado pelo colega Alberto Nery (PT). David lembrou que o assunto foi bastante repercutido na Casa da Cidadania, no ano passado, mas nada foi feito.

“Houve um grande estelionato em Feira de Santana quando colocaram outdoor na cidade anunciando a construção do Shopping Boulevard no Papagaio. Algumas construtoras compraram terrenos a ‘preço de banana’ e venderam a ‘preço de ouro’ e, quando já estavam quase todos vendidos, tiveram o conhecimento de que o shopping não seria mais construído lá, e sim na Nóide Cerqueira. Agora resta saber quem é que vai pagar o prejuízo das pessoas que investiram naquele bairro, porque queriam morar perto do shopping”, lembrou.

Segundo David, tem muita gente envolvida no que ele chama de estelionato. “Na época que isso aconteceu, eu e o vereador Tom fomos até o local, tiramos fotos e denunciamos nesta Casa e também ao MP, mas a Justiça é lenta. Nesse tempo já era para ter sido pago o prejuízo às pessoas”, avaliou.

Vereadores

No tempo do vereador David Neto, o edil Welligton Andrade (PSDB) pediu um aparte para tranquilizar os pré-candidatos a vereador preocupados com o número de edis na próxima legislatura.

“Hoje e amanhã a pauta será a votação da LDO de 2017, mas posso adiantar aos pré-candidatos que estão vindo a esta Casa preocupados com o número de vereadores, que permanecerá o mesmo. Parece-me que a propositura será retirada de pauta. Digo isso para sossegar o coração de vocês”, informou.

Outras publicações

Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana debate mudanças no regimento interno Presidente da Câmara Municipal, Reinaldo Miranda, durante reunião. A mudança do Regimento Interno da Câmara de Feira de Santana foi pauta de reunião...
Eleições 2016 – Feira de Santana: vereador Reinaldo Miranda faz agradecimentos e diz que o PHS é vencedor Filiado ao PHS, Reinaldo Miranda Vieira Filho foi reeleito através da coligação ‘Pra frente Feira’, formada pelo PTB, PRP, PV, PEN e PHS. O vereador ...
Feira de Santana: denúncia gera debate entre líder do governo e oposicionista Vereador José Carneiro Rocha requisitou que fosse constado em ata “a afirmação do edil Edvaldo Lima de que os três poderes Judiciário, Executivo e Le...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br