Em Salvador, manifestantes pedem volta de Dilma Rousseff

Movimentos populares defendem Dilma e pedem reforma política.

Movimentos populares defendem Dilma e pedem reforma política.

Manifestantes que defendem a volta de Dilma Rousseff à Presidência da República participaram de uma passeata, neste domingo (31/07/2016), em Salvador. O ato começou no Campo Grande, centro da capital baiana e seguiu, pela Avenida Sete de Setembro, até o Farol da Barra, onde ocorreu, pela manhã, outro ato a favor do impeachment de Dilma.

“Hoje estão ocorrendo manifestações em várias cidades do Brasil contra o golpe, porque entendemos que agosto é decisivo pela votação no senado. E, além de barrar o afastamento da presidenta Dilma, nós queremos impedir as medidas que o governo golpista vem adotando, que são claramente contra os interesses dos trabalhadores e do povo”, diz um dos coordenadores da Frente Povo Sem Medo, Walter Takemoto.

Durante todo o percurso, manifestações artísticas e culturais foram a tônica da manifestação, como apresentações teatrais e uma banda que puxou o microtrio ao som de paródias de músicas populares com letras criticando Michel Temer e pedindo a volta de Dilma. “Queremos a volta da presidenta Dilma para que ela cumpra até o fim do seu mandato, cargo para o qual ela foi eleita”, diz Takemoto.

“Volta querida” e “Fora Temer” foram as principais palavras de ordem dos manifestantes, que chegaram ao Farol da Barra por volta das 18h. No local – onde são comuns os atos contra Dilma – representantes das Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, junto com integrantes de partidos políticos, centrais sindicais e sociedade civil se revezaram entre falas que defendiam a suspensão do processo deimpeachment e criticavam as ações do governo interino de Michel Temer.

O professor universitário, Edson Balmonte, esteve na manifestação acompanhado do companheiro. Além da motivação política, ele diz que participou por acreditar que o governo interino representa a perda de direitos. “O Fora Temer significa fora golpe, pela retomada dos direitos e da normalidade. Porque ele [Temer] e o grupo que, juntos, tomaram o poder, o que representa um ataque a direitos conquistados”, diz.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 2 mil pessoas participaram da caminhada. Também esteve no evento a candidata à prefeitura de Salvador, Alice Portugal, apoiada pelos manifestantes e cuja chapa foi oficializada na manhã de hoje (31) pelo PCdoB.

Os organizadores do ato informaram que diversas caravanas irão a Brasília no dia da votação do impeachment, no plenário do Senado, como forma de pressionar os senadores a votarem contra o impedimento de Dilma.

Outras publicações

Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados projeto de lei que proíbe a inclusão em cadastros de devedores de nomes de consumidores inadimplentes em contas de á... CCJ da Câmara Federal aprova projeto que protege consumidor. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados (CCJ) aprovou hoje (16/11/...
Advogado José Eduardo Cardozo diz que relatório do senador Antonio Anastasia é ‘autoritário’ por criminalizar quem pensa diferente O advogado de defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, disse que o relatório do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG) na Com...
“Uma injustiça histórica”: o impeachment de Dilma Rousseff na imprensa alemã Presidente Dilma Rousseff quando foi ao Senado fazer sua defesa no julgamento do impeachment. Destituição da presidente brasileira tem base legal cri...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br