Eleito presidente, Rodrigo Maia diz que pretende resgatar protagonismo da Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia: "Esta Casa precisa de diálogo. São 513 deputados eleitos e nenhum pode ser excluído".

Rodrigo Maia: “Esta Casa precisa de diálogo. São 513 deputados eleitos e nenhum pode ser excluído”.

Rodrigo Felinto Ibarra Epitacio Maia assume presidência da Câmara dos Deputados.

Rodrigo Felinto Ibarra Epitacio Maia assume presidência da Câmara dos Deputados.

O novo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse em seus discursos anteriores à eleição que pretende resgatar o protagonismo da Câmara nas grandes decisões do País.

“É política com P maiúsculo que queremos regatar, política onde as grandes ideias e os grandes projetos saiam dessa Casa”, disse Maia.

Ele defendeu o direito de cada deputado de exercer sua responsabilidade e criticou o que chamou de “império dos líderes”. “Se eu sentar naquela cadeira, eu serei um dos 513 e nós vamos governar esta Casa juntos, vamos devolver ao Plenário sua soberania, porque hoje poucos decidem pela gente”, prometeu anteriormente ao pleito.

Maia também comentou a importância do diálogo, sobretudo com a oposição, da qual também obteve muitos votos segundo os apoios declarados. “Fui muito criticado porque dialogava com a esquerda. Esta Casa precisa de diálogo. Esse Plenário tem 513 deputados eleitos e nenhum pode ser excluído. Quem quer calar a oposição, não quer democracia. Queremos uma oposição forte, que nos ajude a enxergar nossos erros”, declarou.

Perfil

Rodrigo Maia foi eleito em 2014 para o seu quinto mandato na Câmara dos Deputados. Ele já foi líder da bancada do DEM na Câmara por dois anos. Em 2015, foi presidente e relator da proposta de reforma política. Ele é presidente da Comissão Especial da DRU.

Maia nasceu no Chile em 12 de junho de 1970 e, aos três anos, se mudou com a família, o pai Cesar Maia, a mãe Mariângeles e a irmã, Daniela Maia, para o Rio de Janeiro.

Eleição com vários candidatos

Desde 1971, data a partir da qual os dados disponíveis estão digitalizados, esta é a eleição para presidente da Câmara dos Deputados com maior número de candidatos. Foram 14 candidatos na disputa no primeiro turno.

A outra eleição com mais candidatos foi após a renúncia do ex-presidente Severino Cavalcanti (PP-PE), em 2005. Na ocasião, 10 parlamentares chegaram a registrar candidatura e 8 disputaram o cargo, tendo sido eleito o então deputado Aldo Rabelo (PCdoB-SP) para finalizar o mandato de setembro de 2005 até fevereiro de 2007.

Outras publicações

Deputado José Carlos Aleluia: “desperdício do Centro de Convenções é 10 vezes mais caro do que captação para teleférico” Deputado José Carlos Aleluia critica governo por falhas na manutenção do Centro de Convenções da Bahia. “Era melhor o governador Rui Costa ficar cal...
“Bahia receberá R$ 50 milhões em tecnologia voltada à saúde”, comemora deputado Marinho Marinho Deputado Marcio Marinho: Estou certo de que esse investimento ajudará ao progresso tecnológico do nosso estado e esses avanços proporcionarão melhor ...
Críticas de Gilmar Mendes precisam “ser ouvidas com muita atenção”, diz deputado Rodrigo Maia Deputado Rodrigo Maia e presidente em exercício Michel Temer, simbiose golpista e convergência conservadora. O presidente da Câmara dos Deputados, R...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br