Edital oferece apoio financeiro para projetos de conservação do Cerrado

Boqueirão da Pedra Furada no Parque Nacional da Serra da Capivara - PI.

Boqueirão da Pedra Furada no Parque Nacional da Serra da Capivara – PI.

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza acaba de abrir as inscrições do tradicional ‘Apoio a Projetos de Conservação’. Nesta edição, a chamada pública selecionará iniciativas que contribuam para a conservação da biodiversidade dos biomas Cerrado e Caatinga que, juntos, ocupam 36% do território brasileiro. As inscrições ficam abertas até 31 de agosto de 2016, neste link.

“A cada edição, escolhemos um ‘recorte’ específico para apoiar novas iniciativas. Na Caatinga vivem 27 milhões de brasileiros, além de ser o único bioma exclusivamente nacional. E o Cerrado abriga nascentes de rios que abastecem as principais bacias hidrográficas”, afirma Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário.

O apoio a projetos visa potencializar a geração de conhecimento através de pesquisas e estudos da biodiversidade brasileira, além de estimular ações que promovam mudanças positivas no cenário ambiental nacional. “Incentivamos projetos que tragam resultados efetivos para a proteção da  biodiversidade e contribuam com o cumprimento das metas internacionais com as quais o país está comprometido e com os esforços públicos de conservação”, afirma a diretora.Como funciona

Para concorrer é preciso que os projetos atendam a uma das duas linhas temáticas de apoio. A primeira trata de ‘Unidades de Conservação de Proteção Integral e Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs)’ e tem como objetivo a criação, ampliação e execução de atividades prioritárias de seus Planos de Manejo (documentos oficiais de planejamento das unidades de conservação).

A segunda linha visa a execução de ações para espécies ameaçadas, seguindo os Planos de Ação Nacional (PANs), documentos que elencam ações para a conservação de determinadas espécies e ecossistemas. Os projetos devem ser realizados por instituições sem fins lucrativos, como fundações ligadas a universidades e organizações não governamentais (ONGs).

O ‘Programa de Apoio a Ações de Conservação’, que inclui a chamada de Apoio a Projetos e outras formas de patrocínio da Fundação Grupo Boticário, existe há 26 anos e já apoiou 1.486 projetos de 492 instituições em todo o Brasil, sendo 151 deles do Cerrado. Entre eles, destacam-se iniciativas que beneficiaram a proteção de espécies como pato-mergulhão, uma das dez espécies de aves aquáticas mais ameaçadas de extinção do planeta, e lobo-guará, além de projetos de conservação da biodiversidade do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO).

Sobre a Fundação Grupo Boticário: a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é promover e realizar ações de conservação da natureza. Criada em 1990 por iniciativa do fundador de O Boticário, Miguel Krigsner, a atuação da Fundação Grupo Boticário é nacional e suas ações incluem proteção de áreas naturais, apoio a projetos de outras instituições e disseminação de conhecimento. Desde a sua criação, a Fundação Grupo Boticário já apoiou 1.486 projetos de 492 instituições em todo o Brasil. A instituição mantém duas reservas naturais, a Reserva Natural Salto Morato, na Mata Atlântica; e a Reserva Natural Serra do Tombador, no Cerrado, os dois biomas mais ameaçados do país.  Outra iniciativa é um projeto pioneiro de pagamento por serviços ambientais em regiões de manancial, o Oásis. Na internet: www.fundacaogrupoboticario.org.br, www.twitter.com/fund_boticario e www.facebook.com/fundacaogrupoboticario.

Outras publicações

FMI: contas públicas do Brasil só voltarão a registrar superávit em 2020 Contas públicas do Brasil só voltarão a registrar superávit em 2020, avalia FMI. Com previsão de encerrar 2016 com déficit primário em torno de R$ 1...
Protesto em defesa da Lava Jato reúne manifestantes em 200 cidades do Brasil Manifestantes protestam em Brasília a favor da Lava Jato e do juiz Sergio Moro. Manifestantes protestam no Rio de Janeiro a favor da Lava Jato e ...
‘Frente Ampla Brasil’ percorrerá o país contra retrocessos sociais, diz senador Paulo Paim Senador Paulo Paim critica marcha reacionária golpista. A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) abrigou, nesta quarta-feira ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br