Desembargador Baltazar Miranda Saraiva apresenta Moção de Pesar pelo falecimento do desembargador aposentado Wander José Galvão Fagundes

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva apresentou, hoje (15/07/2016), em sessão plenária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Moção de Pesar pelo falecimento do desembargador aposentado Wander José Galvão Fagundes. A moção contou com a adesão expressa do desembargador Mário Albiani Júnior, que falou também em nome da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB).

Confira o teor da Moção de Pesar

Na sessão de ontem desta Egrégia Corte, durante a Sessão de Direito Público, recebemos a triste notícia do falecimento do Desembargador aposentado Wander José Galvão Fagundes, ocorrida no dia 13 do corrente, depois de um longo período de sofrimento. O ilustre morto, enquanto permaneceu entre nós, honrou esta Corte durante todo o tempo em que nela permaneceu na nobre função de julgador, tanto como juiz de primeiro grau, como Desembargador deste Tribunal, sempre irradiando sua extraordinária cultura jurídica e suas naturais grandezas humanas. Com aquela paciência e nobreza que o distinguiam, o ilustre magistrado era um exemplo de caráter, ética e humildade. Daí a homenagem que lhe prestamos através desta Moção, externando votos do mais profundo pesar pelo seu falecimento, rogando a Deus, com a sua imensa sabedoria e misericórdia, possa confortar seus familiares e amigos nesse momento de dor e de saudades.

Nosso querido colega entrou para a magistratura em 30/07/1967, chegando a Desembargador, por antiguidade, em 20/12/1996, permanecendo até 24/07/2000, quando se aposentou por ter atingido a idade limite da compulsória. Este Tribunal, neste momento, presta essa singela homenagem póstuma à sua memória, apresentando, publicamente, sentimentos de pesar aos seus familiares e amigos, solidarizando com todos nesta hora de dor.

Registro que, por ocasião de nossa visita ao Cemitério Jardim da Saudade, no velório onde se encontrava o corpo do nosso saudoso magistrado, foi destaque a coroa de flores enviada por nossa ilustre presidente, Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, em nome do Tribunal de Justiça.

Declarou-lhe Jesus: ‘Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá’ (João 11:25). Que DEUS, em sua infinita misericórdia, possa dar ao saudoso Desembargador WANDER JOSÉ GALVAO FAGUNDES, o descanso da vida eterna, em recompensa à sua bondade e obras realizadas em vida.

Que seja dado conhecimento da presente MOÇÃO à sua família, enviando-lhe esta singela homenagem em nome do Tribunal de Justiça da Bahia.”.

Moção de Pesar em memória de Luiza Helena de Bairros

Na mesma sessão do TJBA, o desembargador Lidivaldo Britto propôs outra Moção de Pesar, desta vez pelo falecimento da ex-ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Helena de Bairros, ocorrido no último dia 12.

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva aderiu expressamente à propositura. Ambas as Moções foram aprovadas de forma unânime.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.