Coluna de Antônio José Larangeira de 01 de julho de 2016

O fundador do Grupo Meddi  médico Jose Antônio Barbosa festeja o prêmio Benchmarking. No flash com Gileno Portugal e Leandro Sanches.

O fundador do Grupo Meddi médico Jose Antônio Barbosa festeja o prêmio Benchmarking. No flash com Gileno Portugal e Leandro Sanches.

 O executivo da Caixa Economica bacharel em Direito Jose Raimundo Cordeiro Junior, que deixou uma gama de trabalhos executados na região de Feira de Santana.

O executivo da Caixa Economica bacharel em Direito Jose Raimundo Cordeiro Junior, que deixou uma gama de trabalhos executados na região de Feira de Santana.

Grupo Meddi premiado

O Grupo Meddi foi vencedor em duas categorias no prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2016: “Serviços de Diagnóstico por Imagem”, com a Multimagem; e “Laboratório de Análises Clínicas – Interior do Estado” com o IHEF. É a primeira vez em muitos anos de Benchmarking que a Multimagem conquista o 1º lugar na categoria “Serviços de diagnóstico por Imagem”, ficando à frente de tradicionais serviços da Bahia. O resultado é um reflexo do trabalho de excelência e a preocupação com qualidade da estrutura e equipamentos que o Grupo possui, sobretudo pela representatividade em todo o estado, encontrado na capital e mais em 14 cidades da Bahia. “Esse é um importante prêmio, pois reflete a opinião de pessoas estratégicas do setor de saúde, como gestores e médicos. É uma conquista de cada um de nós que se dedica ao Grupo Meddi”, comemora Dr. José Antônio Barbosa, sócio do Grupo. Ele aproveita para ressaltar a importância do reconhecimento dos 33 anos de trabalho em todas as cidades nas quais o Grupo atua. “Estamos sempre buscando qualidade no atendimento aos parceiros e clientes”, completa.

Embasa explica

Com relação à nota publicada na edição de 29 ultimo, a respeito de redução na cobrança da tarifa de esgoto em Feira de Santana, nesta coluna, a Embasa informou através de uma correspondência, que a Lei 326/2016, promulgada pela Câmara de Vereadores no dia 23 de maio, contraria o que determina as leis federal e estadual que disciplinam o assunto. A cobrança de tarifa de esgoto tem respaldo na Lei Nacional de Saneamento Básico n° 11.445 de 2007, regulamentada pelo decreto federal n° 7.217 de 2010. Na Bahia, a cobrança foi estabelecida pela Lei 7.307/98, regulamentada pelo Decreto Estadual n° 7.765, de 2000, sendo cobrado o percentual de 80% sobre o consumo de água para sistemas convencionais de esgotamento sanitário e 45% para os sistemas condominiais (onde a manutenção dos ramais internos é feita pelos próprios usuários), a fim de cobrir os custos de operação, manutenção, depreciação, provisão de devedores, amortização de despesas e remuneração de investimentos. Em Feira de Santana, a tarifa é cobrada apenas em imóveis onde existe efetivamente a coleta e o tratamento dos esgotos domésticos.

Pesquisas

Estudantes da City University of New York (Cuny University) estão na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), para desenvolver pesquisas que visam colaborar com a minimização de problemas da região de Feira de Santana(Ba). O intercâmbio é fruto do Programa de Mobilidade de Verão Norte Americano, Summer Class, realizado pela Assessoria Especial de Relações Institucionais (Aeri/Uefs). Uma das vertentes estudadas pelo grupo estrangeiro é a mobilidade urbana da cidade, sob a coordenação das professoras Janeide Vitória de Souza, Sandra Medeiros, Eufrosina Cerqueira, Rosângela Leal e pela funcionária Liamara Carelli, todas do Departamento de Tecnologia (Dtec). A pesquisa, tem como objetivo analisar aspectos relacionados à infraestrutura, tráfego e funcionalidade das vias locais, conta ainda com a parceria da Prefeitura Municipal. Também será pesquisada pelos estudantes norte americanos, a biodiversidade da região de Feira de Santana. Quem coordena essa parte dos estudos é o professor Eddy Francisco José, do Departamento de Ciências Biológicas (Dcbio).

Encontro na “Pracinha”

Moradores da rua da Aurora (rua Desembargador Filinto Bastos), praças 2 de Julho e Fróes da Motta e Barroquinha (rua Juvêncio Erudilho) vão participar de encontro amanhã, sábado, dia 2 de julho, que promete ser inédito até aqui , organizado por Alcineide, Cássia e Marta Simões. Tudo vai começar na chamada “Pracinha”. Por volta das 11 horas uma bandinha de sopro vai arrastar a turma para a Euterpe Feirense, onde haverá apresentação da banda Caras e Coroas.

Museu do Vaqueiro

Resultado de um do convênio entre a Prefeitura de Feira de Santana e a Fundação Alfredo da Costa e Almeida Pedra, deverá ser instalado no Casarão dos Olhos d´ Agua, o Museu do Vaqueiro, que contará a história da figura expressiva do vaqueiro na vida feirense. A vigência do convênio é no prazo de 15 anos e o Município vai se responsabilizar pela organização, execução e coordenação do projeto e das atividades de promoção cultural, além de arcar com a utilização de água, energia elétrica, acesso à Internet e pessoal para realizar o atendimento ao público, bem como pela vigilância e manutenção do imóvel, na rua Araújo Pinho.

Mostra

“Réquiem aos animais” é o nome da exposição do artista plástico baiano Pedro Teixeira, que está no Campus Avançado da Chapada Diamantina, pertencente Uefs desde quarta feira ultima.

Sobre o autor

Antonio José Larangeira
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.