Bahia é o estado que mais tirou pessoas da pobreza, destaca governador Rui Costa

Governador Rui Costa em reunião com a presidência do FIDA - Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola.

Governador Rui Costa em reunião com a presidência do FIDA – Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola.

“Nós temos obtido êxito com projetos que […] são de implementação complexa e permanente. Nossa estratégia é a transversalidade [para] garantir que todas as secretarias [do Estado] atuem em temas diferentes, com o mesmo foco e a mesma prioridade. Isso faz com que a Bahia se destaque como o estado que mais tirou pessoas da linha da pobreza”.

A declaração foi feita pelo governador Rui Costa, durante reunião, nesta quinta-feira (21/07/2016), com o presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), Kanayo Nwanze, na Governadoria, em Salvador. De acordo com o governador, a Bahia foi o estado brasileiro que mais retirou a população das faixas da pobreza e da extrema-pobreza, seja em números absolutos ou proporcionalmente.

O Fida é um órgão de cooperação internacional, ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), para a redução da pobreza com ênfase no desenvolvimento das populações rurais. “O nosso sonho é que, se hoje são necessários na Bahia programas sociais como o Bolsa Família, que coloca na nossa economia R$ 3,6 bilhões, no futuro não tenhamos mais essas pessoas na linha da pobreza”, disse Rui.

Pró-Semiárido

Na reunião, o governador informou que esteve na quarta-feira (20), em Manoel Vitorino, no centro sul baiano, e “hoje [quinta] fechamos um ciclo em Uauá [região nordeste], com a entrega de uma obra [agroindústria] de R$ 5 milhões, que inova em tecnologia e elevou a capacidade de produção de 100 para 800 toneladas. Eles [os agricultores] ainda terão acompanhamento e apoio para a gestão”.

A agroindústria entregue em Uauá é o primeiro investimento concluído no âmbito do Pró-Semiárido, programa desenvolvido com recursos do Fida. Segundo Kanayo Nwanze, a Bahia é o estado que mais recebe verbas da instituição. “O Brasil tem feito enorme progresso, nos últimos 30 anos, e a maioria dos pobres está localizada no Nordeste, especialmente na Bahia, onde vocês têm esse bioma do semiárido, muito seco. Já temos melhorias, é preciso sair de Salvador e ir ao interior para conhecer”.

Segundo o presidente do Fida, “as comunidades que receberam investimentos e suporte do governo agora têm acesso a serviços sociais e estão começando a investir em si mesmos. O governador falou que quer investir mais em água, em educação e escolas, em trabalho para os jovens. O Fida veio encontrar estes parceiros que estão compromissados com a redução da pobreza”.

Outras publicações

Rui entrega sistema de abastecimento e viaturas no norte da Bahia Rui entrega sistema de abastecimento e viaturas no norte da Bahia. Da sede de Campo Formoso, no norte da Bahia, até a comunidade quilombola de Laje ...
Estudantes disputam etapa regional dos Jogos Estudantis da Rede Pública Estadual da Bahia Jogos Estudantis da Rede Pública mobiliza juventude. Mais de 150 mil estudantes das redes estadual e municipal devem participar das seletivas region...
Governador Rui Costa firma parceria com ANTT para uso de fibra ótica das BRs 324 e 116 Governador Rui Costa firma parceria com ANTT. Um compromisso do governador Rui Costa é levar fibra ótica a todas as regiões da Bahia. A maneira mais...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br