Vereadores questionam aprovação do PDDU de Salvador e denunciam perda de áreas públicas

Vereadores questionam aprovação do PDDU de Salvador e denunciam perda de área públicas.

Vereadores questionam aprovação do PDDU de Salvador e denunciam perda de área públicas.

O vereador Gilmar Santiago (PT) disse que a oposição tem todas as condições de judicializar o processo de votação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), entendendo haver irregularidades. “O prefeito patrocinou um circo nas galerias para votar um Plano indefensável e a bancada dele não tinha os 29 votos necessários para mudar o processo de votação”, disse Gilmar, referindo-se à mudança de rito de apreciação dos artigos do Plano.

Segundo Gilmar, o PDDU vai retirar poderes da Câmara ao criar uma Comissão Normativa que vai legislar em regime de exceção sobre construções em algumas áreas da cidade. Para o vereador, o PDDU foi feito para o mercado imobiliário, que representa apenas 12% da economia de Salvador, quando aumenta o padrão construtivo na orla.

Ele alerta que isto vai afetar o clima do resto da cidade. “É o pior PDDU da história, consegue ser pior que o de Imbassahy e o de João Henrique. Foram gastos mais de R$ 6 milhões com uma fundação paulista que fez um Plano com dados defasados de 2010”, criticou Gilmar.

Suíca diz que novo PDDU diminui áreas de parques; vereador justificou seu voto contrário à matéria tendo como base questões ambientais

“A votação do projeto que trata do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) foi complexa e polêmica. Embora o projeto tenha sido revisto com a evolução dos debates, poderia ser mais avançado na área ambiental”, afirmou o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) durante voto contrário à matéria nesta segunda-feira (13).

De acordo com o vereador, a definição do voto contrário ao PDDU foi fruto de diálogos com movimentos sociais, com o PT e com a tendência Esquerda Popular Socialista (EPS), da qual faz parte. “Há, por parte dos movimentos sociais, muitas dúvidas a respeito dos impactos dessa nova lei, construímos nosso posicionamento com base nisso, de forma participativa, como temos feito desde o início do mandato”, declarou Suíca.

O vereador diz que ainda é preciso sensibilizar toda a classe política sobre a questão ambiental. “Tanto o governo do estado quanto o município sugerem medidas neste PDDU que alteram os limites atuais e prejudica o Parque Metropolitano de Pituaçu e o Parque Ecológico do Vale Encantado de Patamares. Não concordo com essas alterações”, afirmou Suíca.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br