Trabalhadores da Codevasf paralisam atividades em vários estados

Empregados da Codevasf cobram reajuste digno com reposição das perdas salarias e continuidade das 900 obras da empresa que estão paradas no Nordeste.

Empregados da Codevasf cobram reajuste digno com reposição das perdas salarias e continuidade das 900 obras da empresa que estão paradas no Nordeste.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa Agropecuária (SINPAF) convocou todos os trabalhadores da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) para paralisação nacional, nesta terça-feira (21/06/2016).

A principal reivindicação da categoria é um índice de reajuste que contemple o percentual da inflação dos alimentos no Nordeste para o auxílio alimentação (região com maior concentração de empregados) e o IPCA (9,28%) mais o PIB agrícola (1,8%) para reajustar as demais cláusulas econômicas.

Questões como o adoecimento dos trabalhadores em função do assédio moral, a implantação do Plano de Cargos e Salários, auxílio- creche, aumento na contrapartida da Codevasf para o plano de saúde, a melhoria do auxílio-alimentação e vale transporte e a valorização do trabalhador também fazem parte das reivindicações dos trabalhadores nas Negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2016/2017.

A outra reivindicação dos trabalhadores é a liberação de verbas, por parte do governo federal, para continuidade de cerca de 900 obras da empresa que estão paradas na região Nordeste.

Agenda

Evento: Paralisação Nacional dos Trabalhadores da Codevasf

Data: 21 de junho de 2016, terça-feira.

Horário: 8 horas

Local: Superintendências Regionais da Codevasf

Organização: SINPAF – Seções Sindicais

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br