Samarco apresenta projeto de praça e áreas de lazer em Barra Longa e inicia obras de urbanização

Ilustração gráfica das obras de urbanização da sede do município de Barra Longa.

Ilustração gráfica das obras de urbanização da sede do município de Barra Longa.

Ilustração gráfica das obras de urbanização da sede do município de Barra Longa.

Ilustração gráfica das obras de urbanização da sede do município de Barra Longa.

A Samarco apresenta neste domingo (26/06/2016), às 15h30, em Barra Longa, o projeto de reconstrução e urbanização da praça Manoel Lino Mol e da avenida Beira Rio, ambas impactadas pelo rompimen­to da barragem de Fundão. A praça, a pedido da comunidade, será transformada em um espaço multiuso e de convivência com academia a céu aberto,pista de caminhada, grande área arborizada, parquinho para crianças e espaço para apresentações culturais. A expectativa é que o evento receba cerca de 1.000 pessoas.

Para que a reconstrução da praça refletisse a vontade da comunidade e do poder público local, a Samarco desenvolveu o projeto de consulta popular “A praça que queremos”, que convidou a população para participar da elaboração do projeto da nova praça. O processo de diálogo ocorreu entre os meses de fevereiro e março e contou com a participação de 200 pessoas, entre crianças, adultos e idosos que expressam seus anseios através de frases e desenhos.

A população, então, sinalizou o desejo por uma praça multiuso, com espaços e equipamentos que permitam a utilização como lugar de convivência, encontro, lazer e atividades físicas e esportivas.

“Além de consideramos os pedidos da comunidade, trabalhamos em conjunto com o poder público para aplicarmos o conceito de sustentabilidade, aproveitamento dos espaços e facilidade de manutenção. Esperamos que os moradores aproveitem o espaço”, afirma Claudio Siqueira, Gerente de Infraestrutura da Samarco.

A expectativa é que o espaço seja entregue à população ainda neste ano.

Praça Manoel Lino Mol

A praça Manoel Lino Mol é a principal área pública de lazer da cidade e atende a pessoas de diferentes idades e classes sociais, favorecendo a integração da população local. Em função da localização central, sua recuperação é importante não apenas para a retomada da estrutura física do local, mas também pelo seu significado histórico.

Obras em Barra Longa

No município de Barra Longa, todos os acessos já foram desobstruídos. As áreas internas das casas liberadas pela Defesa Civil já estão limpas, assim como as ruas do centro.

Das 111 casas liberadas para reforma ou reconstrução, 76 já foram concluídas e outras 35 estão sendo reformadas. Em relação os estabelecimentos comerciais, 27 tiveram a reforma concluída e oito estão em fase de finalização.

Para atender os impactos na área agrícola, tanto de Mariana quanto de Barra Longa, a Samarco já entregou 3.100 toneladas de silagem de milho ensacada. Além de silagem, também foram fornecidos outros tipos de alimentos: fubá, feno, farelo de trigo, farelo de soja e ração para cachorro, cavalo e vaca leiteira, entre outros. No total, cerca de 3.000 animais foram atendidos nas fazendas da região e 177 mil metros de cerca foram instaladas nas propriedades rurais.

Acidente com barragem de Fundão

A cidade de Barra Longa, Região da Zona da Mata, a 60 quilômetros de Mariana, na Região Central de Minas Gerais, foi atingida pela lama proveniente do rompimento da barragem de Fundão. A barragem era mantida pela Mineradora Samarco, e o acidente ocorreu no dia 5 de novembro de 2015.

Agenda

Evento: Assinatura do termo para início das obras de reconstrução (Praça Manoel Lino Mol e da Avenida Beira Rio)

Data: 26/06/2016 – Domingo

Horário: 15h30

Local: Praça Manoel Lino Mol – Centro – Barra Longa | Minas Gerais

Confira o vídeo

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.