Presidente Dilma Rousseff é a mais nova cidadã baiana

Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão Especial de outorga do Título de Cidadã Baiana.

Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão Especial de outorga do Título de Cidadã Baiana.

Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão Especial de outorga do Título de Cidadã Baiana.

Presidenta Dilma Rousseff durante Sessão Especial de outorga do Título de Cidadã Baiana.

Presidenta Dilma Rousseff recebe título de Cidadã Baiana.

Presidenta Dilma Rousseff recebe título de Cidadã Baiana.

Na chegada à Assembleia Legislativa da Bahia, a presidente afastada, Dilma Rousseff foi recebida pelo presidente Marcelo Nilo e demais autoridades, que a recepcionaram na rampa e a levaram para frente do prédio principal da Alba, onde uma comitiva tipicamente baiana a esperava. Capoeiristas fizeram uma apresentação exclusiva para Dilma e baianas devidamente paramentadas distribuíram fitas do Senhor do Bonfim e deram um banho de pipoca em Dilma, cobrindo-a de bençãos.

Uma megaestrutura de segurança foi montada para receber a presidente, composta por centenas de policiais, federais e militares, a maior parte vindos de Brasília e os demais, da Assistência Militar da Alba.

A sessão especial realizada no plenário da Alba para a entrega do título de cidadã baiana à Dilma Rousseff, teve início pouco antes das 13h e foi aberta pelo presidente Marcelo Nilo com presenças ilustres na mesa como, o vereador e ex-governador Waldir Pires; o ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira; a senadora Lídice da Mata; o deputado federal e líder do PT no Congresso Nacional, Afonso Florence; o presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, além de muitas autoridades civis, militares, religiosas e representantes de movimentos sociais presentes na plateia.

Ao som de gritos como, “volta querida” e “Dilma guerreira, da pátria brasileira”, emitidos pelas mulheres presentes, a presidente Dilma acompanhada do governador Rui Costa e do ex-ministro da Casa Civil e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, foi conduzida ao plenário por uma comissão composta por secretárias de estado, deputadas estaduais e vereadoras. Após a execução do Hino Nacional, cantado pelo sargento Lima e o sub-tenente Josué, da Política Militar da Bahia, foi apresentado um vídeo sobre a trajetória política da homenageada.

A deputada Fátima Nunes (PT), presenteou Dilma com uma maquete que representava a construção de um milhão de cisternas, no estado da Bahia, que segundo Fátima, “tirou a lata d´água da cabeça de mais de mil mulheres do sertão baiano”.

O projeto de resolução 2.075/2011, que concedeu a honraria a Dilma Rousseff, é de autoria do deputado e líder do PT na Alba, Rosemberg Pinto, que em seu discurso, enalteceu as características de Dilma como caráter, seriedade e competência e salientou que, “o golpe que está sendo perpetrado no nosso país tem o objetivo apenas e tão somente de blindar os principais culpados das ilicitudes do Brasil”, afirmou. De acordo com o proponente, a Bahia sempre acreditou que ninguém mais do que a senhora seria capaz de dar seguimento ao trabalho excepcional iniciado pelo presidente Lula.

“Uma honraria mais do que merecida, por todos os benefícios trazidos para todos os brasileiros. Aqui na Bahia por exemplo, uma única ação das diversas que foram realizadas no nosso Estado, já seria suficiente para essa homenagem”, disse Rosemberg.

A cantora Juliana Ribeiro homenageou Dilma cantando “Bahia com H”, do compositor João Gilberto. Em seguida, um vídeo com tudo que foi realizado na Bahia durante os mandatos de Dilma Rousseff, entre obras estruturantes, de mobilidade urbana, infraestrutura para o interior, ações nas áreas de educação, saúde e segurança pública.

Já como a mais nova cidadã baiana, Dilma começou seu discurso dizendo aos presentes que “é uma honra receber o título de cidadã baiana, pois a Bahia exerce uma atração sobre os brasileiros, por sua diversidade cultural, por sua força, que são a representação da alma brasileira, na alegria inconteste desse povo”. Essas são as razões afetivas, mas sinto imenso carinho pela Bahia, porque a Bahia e todo o Nordeste são muito importantes para o desenvolvimento do Brasil.

Segundo Dilma, no Brasil a exclusão das pessoas sempre andou junto com a exclusão das regiões. “Eu vim aqui defender os meus 54 milhões e meio de votos e uma parte muito importante deles eu recebi aqui na Bahia, então tenho obrigação e dever de defendê-los e honrá-los”. Minha vinda aqui hoje é para reafirmar meu compromisso o Nordeste e com a Bahia, o estado mais relevante popularmente falando, dessa região, meu compromisso com as mudanças do Brasil.”. Dilma lembrou ainda a importância da luta pela independência da Bahia, celebrada no dia 2 de Julho e que representa a luta pela democracia no Brasil.

Dilma relembrou a parceria com Lula, Wagner e Rui Costa, que ocasionou grandes mudanças em toda a Bahia. “Além de todas as importantes obras físicas trazidas para a Bahia, não podemos esquecer que o ‘Bolsa Família’ complementa a renda de mais de 7 milhões de baianos; o ‘Mais Médicos’, leva saúde a toda a população; o ‘Minha Casa, Minha Vida’, assegura um lar digno para milhares de pessoas. Todos estão ameaçados pelo atual governo”, afirmou.

Dilma Rousseff fez fortes críticas ao atual governo do presidente em exercício, Michel Temer, dizendo que diversos programas que beneficiam a população brasileira serão reduzidos sem qualquer justificativa. “Nós sabemos que todo esse programa do atual governo golpista e provisório não seria aprovado por absolutamente ninguém”, declarou. E seguiu dizendo, “a gravidade da situação atual está no fato que um governo interino, que não tem legitimidade, não tem condições de mapear o caminho para sairmos da crise pela qual enfrentamos”, alegou a presidente.

“Esse título pra mim é mais do que uma honra, é um prêmio. Me orgulho de ter vindo aqui, a terra que lutou contra forças que aparentemente eram maiores, pela independência desse país. Aqui tem uma tradição de luta. É um povo alegre, que vive a vida, mas é aguerrido quando é preciso. Não vamos deixar que esses parasitas matem a nossa árvore. Muito obrigado!”, encerrou Dilma Rousseff.

O presidente Marcelo Nilo ao discursar em homenagem a nova cidadã baiana disse, “já vivi muitas emoções nessa Casa. Desde há 25 anos quando tomei posse pela primeira vez como deputado estadual, até quando dei posse a diversas autoridades, ou quando entreguei homenagens a diversas personalidades. Mas hoje para mim, é sem dúvida nenhuma, a maior emoção que vivo na minha vida pública”, afirmou.

Nilo fez ainda um agradecimento especial. “Quero em nome do povo da Bahia, agradecer tudo que a senhora fez pelo nosso Estado. Tudo que foi feito para os baianos em parceria entre os governos estadual e federal, primeiro com Jaques Wagner e agora com a continuidade do trabalho de Rui Costa”.

Por fim, o líder do legislativo baiano reafirmou, “nascer na Bahia é uma dádiva de Deus. A Bahia de todos os seus encantos, a partir de hoje também é a Bahia de Dilma Rousseff”, concluiu.

A sessão foi encerrada com a execução do Hino à Bahia. Em seguida a presidente se dirigiu ao estacionamento da Alba, onde falou aos representantes de movimentos sociais reunidos no local.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br