Prefeito José Ronaldo recebe membros da Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa da Bahia

Deputados Crisostomo Antonio Lima (Zó), Ubirajara da Silva Ramos Corôa (Bira Corôa) e José Ronaldo, prefeito de Feira de Santana.

Deputados Crisostomo Antonio Lima (Zó), Ubirajara da Silva Ramos Corôa (Bira Corôa) e José Ronaldo, prefeito de Feira de Santana.

O deputado estadual Zó (PCdoB), presidente da Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), acompanhado do também deputado Bira Coroa (PT), esteve nesta quarta-feira (01/06/2016) em Feira de Santana. A visita a região foi motivada pela disputa territorial que envolve os municípios de Feira e São Gonçalo.

No último dia 25, durante reunião da comissão ficou agendada uma ida ao local para conversar com a população e os representantes das duas prefeituras. Recepcionado pelo prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, na oportunidade, Zó expôs a situação atual das discussões promovidas pelo colegiado e solicitou uma posição do executivo feirense sobre o assunto.

“Como a decisão envolve com a vida de muitas pessoas, é interessante termos um posicionamento de todos que fazem parte do poder público e que representam a população”, avaliou o deputado.

O conflito se deu na região da Boa Hora onde estão localizados o Condomínio Parque Viver e o Loteamento Jardim Aliança, que atualmente pertencem ao município de São Gonçalo. A resolução do impasse é importante, pois as duas cidades dependem de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O repasse é uma transferência constitucional feita de acordo com o número de habitantes, onde são fixadas faixas populacionais, cabendo a cada uma delas um coeficiente individual, tudo baseado em estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda na ocasião e acompanhado pelo deputado estadual Zé Neto (PT), Zó esteve nas comunidades e loteamentos afetados. “Essa parte é extremamente importante pois podemos escutar a população e saber dela qual a melhor decisão. Como sempre digo, é através do diálogo que chegamos a escolhas corretas”, afirmou Zó.

Todas as informações passadas pela comunidade serão levadas para o conhecimento dos demais parlamentares, membros do colegiado e paralelo com o trabalho dos técnicos do IBGE e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e assim, a decisão será tomada.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br