Peça teatral Brimas chega a Salvador em curtíssima temporada

Indicado ao prêmio Shell de melhor texto em 2015, o espetáculo 'Brimas' chega a Salvador em curtíssima temporada. Sucesso de público e crítica nos teatros cariocas, o espetáculo fala sobre as histórias dos imigrantes no Brasil, tolerância e pertencimento.

Indicado ao prêmio Shell de melhor texto em 2015, o espetáculo ‘Brimas’ chega a Salvador em curtíssima temporada. Sucesso de público e crítica nos teatros cariocas, o espetáculo fala sobre as histórias dos imigrantes no Brasil, tolerância e pertencimento.

A peça teatral Brimas, estrelada pelas atrizes e autoras Beth Zalcman e Simone Kalil, estreou em novembro de 2015, recebendo indicação ao Prêmio Shell na categoria Melhor Texto. Em sua temporada no Rio de Janeiro, em janeiro de 2016, foi considerada, por críticos, “um ótimo início de temporada teatral carioca”.  A aceitação e identidade com a plateia foi imediata, obtendo sucesso de público com sessões esgotadas. O espetáculo chega a Salvador, em curtíssima temporada, nos dias 01, 02 e 03 de julho, sexta e sábado às 21h e domingo às 20h, no Teatro Sesc Casa do Comércio, com produção local e assessoria de imprensa da Carambola Produções.

Com afeto, humor, risos, emoção e cumplicidade entre as atrizes e suas personagens, Brimas traz um tema atual: a imigração. Através das histórias reais de suas avós, Beth e Simone trazem ao palco Ester e Marion, imigrantes do Egito e Líbano, respectivamente, que, foram acolhidas no Brasil no início do século passado e com “Fome de tolerância”, entrelaçam suas vidas e histórias recheadas de afeto, amizade e respeito.

Fome de Tolerância

Duas senhoras imigrantes, Ester e Marion, revivem, com muito humor, suas histórias, enquanto cozinham quibes para um velório. O riso, a saudade da família e as memórias do passado se misturam nessa história cheia de emoção e sabedoria. A peça fala sobre o amor a terra em que se nasce, orgulho de pertencer à pátria brasileira que as acolheu como filhas, a travessia, o ir sempre em frente, a esperança, a memória do que ficou para trás, a saudade e a expectativa da alegria de dias melhores. Esses ingredientes representam a saga de muitos imigrantes. Com a recente guerra civil na Síria, e a crise de refugiados e imigrantes em todo mundo, o tema mostra sua atualidade e retrata a relação de pertencimento e identidade de pessoas que, deixando seus povos, território e cultura, se adaptaram a uma nova nação, cultura, costumes, língua e realidade.

Sucesso da crítica especializada

“Brimas dá a 2016 um ótimo início de temporada teatral carioca.”Rodrigo Monteiro – Site Crítica Teatral e jurado do prêmio APTR

“Um bem costurado mosaico de memórias que revela tradições e comportamentos da cultura de cada uma das personagens, embasando uma história de amizade acima das diferenças”. Rafael Teixeira – Revista Veja

“Unidas pelas dificuldades de sobrevivência e pelas diferenças religiosas, Ester judia e Marion cristã maronita, transformam a cozinha num território de paz… A comida, como expressão de afeto,  une o que foi separado pela fome das guerras de desunião e preconceito… as atrizes autoras capturam essas vozes do passado para sancionar o presente e evocar as dificuldades da travessia para celebrar a chegada… os tabuleiros adereços de Toninho Lôbo são delicados ícones de religião que presos à parede fazem referência à unidade ecumênica (…) Simone Kalil, com figurino severo, dá tratamento carinhoso a libanesa. Beth Zalcman, com figurino colorido, veste a egípcia com humor solar”. Macksen Luiz – Jornal O Globo.

“(A obra e direção, estão) impregnadas de humor e humanidade, mesclando fantasia e realidade, Brimas recebeu uma excelente versão cênica da direção”. Lionel Fischer – Ator, autor e diretor.

Agenda

O que? O Espetáculo “Brimas”

Quando? 01, 02 e 03 de julho de 2016, Sexta e Sábado às 21h e Domingo às 20h

Onde? Teatro Sesc Casa do Comércio | Salvador

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br