MEC avalia Uefs para ampliação de oferta da modalidade EAD

MEC avalia Uefs para ampliação de oferta da modalidade EAD.

MEC avalia Uefs para ampliação de oferta da modalidade EAD.

Uma comissão do Ministério da Educação (MEC) está avaliando a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) para fins de recredenciamento institucional para habilitação da oferta de cursos na modalidade à distância (EAD). Estão sendo realizadas reuniões com gestores, coordenadores de cursos de graduação e pós-graduação, professores, estudantes e funcionários técnico-administrativos.

A avaliação é realizada por profissionais designados pelo MEC e questões como infraestrutura, acervo bibliográfico, corpo docente, políticas de apoio aos discentes e qualificação do quadro de funcionários estão sendo analisados. A agenda de trabalhos da comissão se encerra nesta quarta-feira (22/06/2016).

A coordenadora adjunta da Universidade Aberta do Brasil (UAB) na Uefs, professora Iraildes Juliano, destacou a importância do trabalho da comissão e das possibilidades de atuação da instituição através da modalidade EAD.       “A Uefs já oferece dois cursos de graduação à distância e a intenção da instituição é fomentar a oferta de cursos de aperfeiçoamento, pós-graduação e outras ações que utilizem as tecnologias de informação e comunicação”, afirmou.

EAD Uefs

A Uefs promoveu em 2013 a primeira seleção para graduação em educação a distância. Foram oferecidas 200 vagas para os cursos de Letras Português e Pedagogia. Destas, 90% foram destinadas a professores em exercício sem formação inicial residentes nos municípios do Território de Identidade Bacia do Jacuípe e 10% para atender a uma demanda social da região. Os cursos são oferecidos na modalidade semi-presencial e o pólo presencial é no município de Pintadas. O Território de Identidade Bacia do Jacuípe é constituído por 14 municípios.

UAB

A Universidade Aberta do Brasil é um sistema, instituído pelo Governo Federal, integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior através da metodologia da educação à distância. O público prioritário é formado por professores que atuam na educação básica da rede pública, seguidos de dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br